RFID Noticias

Impinj anuncia simulador de desempenho de RFID para lojas

A simulação por computador tem sido comum nos setores aeroespacial, automotivo e outros, segundo Arnstein, mas não foi muito utilizada no setor de varejo. "A maior mensagem aqui é que o varejo tem de se tornar movido a dados [informações]", afirma. "Os varejistas precisam continuamente coletar dados para fazer melhor e tomar decisões mais inteligente e rápidas. A RFID é uma maneira de custo efetivo para reunir os dados e mudar o jogo de maneira significativa.

"A calculadora é projetada para permitir aos varejistas inserir entradas que eles sabem sobre seu negócio, tais como taxas de transação, tráfego a pé, trabalho dedicado ao serviço ao cliente e assim por diante”, diz. “Quando um usuário clica em "Compare", a ferramenta simula atividade na loja por um ano, projetando o impacto em uma variedade de saídas, como o lucro da loja, as vendas unitárias e de front e back store, com precisão de inventário".

“Esta não é uma ferramenta de RFID, é uma ferramenta de operações para as lojas”, define Arnstein. "Você pode ver o que acontece se você adicionar mais trabalho para a gestão de inventário ou encurtar a sua cadeia de abastecimento”. É possível avaliar o impacto dos custos das tags, mas não o custo de capital de software e hardware. Porém, como os varejistas podem ver o impacto em seus negócios, fica fácil calcular se o investimento vale a pena ou não.

"Para acessar o simulador e ver um pequeno vídeo sobre como usá-lo ou se registrar para um webinar que explicará o funcionamento desta ferramenta de análise, os interessados devem visitar o site sps.impinj.com.