RFID Noticias

Alfândega de Hong Kong avança com planos do e-lock

A LSCM instalou um total de 38 leitores nos dois pontos de controle de fronteiras terrestres, nos cinco centros de logística do aeroporto e em um ponto de controle marinho conhecido como a Alfândega Chung Kwai, para itens que chegam pelo mar. Ao todo, em fevereiro deste ano, 109 contêineres foram equipados com o dispositivo e-lock. Uma média de 100.000 remessas passa pela fronteira diariamente e o sistema ITFS E-Lock já é utilizado para 17% da carga.

A solução permitiu um processo mais rápido de desembaraço aduaneiro, bem como fornece um registro digital das inspeções. O sistema também melhora a segurança, uma vez que apenas os oficiais que conhecem a senha correta podem acessar o recipiente. Por fim, Chan diz, "que reforça a competência da indústria logística de Hong Kong e reforça a sua posição como um centro logístico de classe mundial".

De acordo com Chan, o grupo pretende expandir o sistema para cobrir mais dois pontos de controle de fronteiras, em Mankamto e Shataukok, bem como em cinco terminais de contêineres em Kwai Chung. A expansão, ele diz, irá resultar na instalação de mais 100 leitores fixos adicionais. O Hong Kong International Airport também usa um sistema RFID para a movimentação de bagagens.