RFID Noticias

Empresa de roupas infantis equipa da fábrica à loja com solução RFID

O tapete com antenas embutidas foi desenvolvido conjuntamente pela Tag Ingenieros e Keonn, para fornecer um leitor RFID que não causasse um problema estético. As antenas incorporadas foram posicionados de tal modo a ler os itens etiquetados que passam sobre o tapete, mas minimizando o risco de leitura de itens localizados nas proximidades, dentro da loja.

Além disso, a Trasluz começou a implantar RFID em prateleiras inteligentes, por enquanto em apenas uma loja, segundo Martinez. Os leitores RFID AdvanShelf e antenas, desenvolvidos pela Keonn, são instalados pela Tag Ingenieros Consultores para ler as etiquetas de todos os itens empilhados nas prateleiras. Se um produto é retirado da prateleira e não retornou, o software envia essa informação para o software de gerenciamento de inventário. Desta forma, a loja pode acompanhar o seu inventário, sem depender do pessoal para efetuar os controles de inventário periódicos, com interrogadores de mão.

Quando um carregamento de mercadorias é recebido por uma loja, os trabalhadores usam um leitor RFID portátil para verificar os itens entregues

"Com todos esses sistemas em vigor, a Trasluz não está mais usando códigos de barras", afirma Iglesias, tornando a empresa, possivelmente, a primeira e única varejista a fazer esta eliminação total.

O software da Tag Ingenieros Consultores armazena todos os dados de RFID, ligando-os ao sistema de TI da Trasluz. "Os relatórios e alertas podem ser configurados e os gestores são imediatamente informados sobre qualquer problema", diz Javier Muñoz Giner, CEO da Tag Ingenieros. O middleware, explica ele, "controla e gerencia os hardwares de RFID e envia os dados em tempo real para a aplicação do Sistema de Gestão de Varejo centralizado". O software então reúne os dados de RFID, processa e apresenta para as lojas da Trasluz e sua sede, a fim de tomar decisões apropriadas.