RFID Noticias

Goodyear Dunlop Europa testa RFID para pneus de ônibus

A tecnologia também está sendo usada para proteção contra roubo, diz Stevanovic, observando que os pneus são caros e relativamente fáceis de roubar quando os veículos estão estacionados. Os ladrões normalmente removem os números de identificação impressos nos pneus e, assim, podem dificultar o trabalho da polícia para identificar bens roubados ou levar os pneus de volta ao seu legítimo proprietário. Desta forma, a presença de etiquetas RFID incorporadas nos pneus (que são rotulados para indicar a presença das tags) serve para impedir a ação dos ladrões.

Para os usuários finais, tais como gerentes de frota de reboques, as tags podem ajudar no gerenciamento de manutenção. Regulamentos europeus exigem que os pneus de veículos comerciais sejam regularmente verificados quanto à pressão de ar e estado geral. Além disso, os proprietários dos pneus devem manter um registro das atividades de manutenção, se concluídas por seu próprio pessoal ou por um prestador de serviços. No entanto, segundo Stevanovic, os números dos pneus, para controle, tendem a desaparecer.

Com a FleetOnlineSolutions, os usuários podem acessar o banco de dados e visualizar o histórico de cada pneu. Os prestadores de serviços também podem ler os detalhes de um dos clientes e os requisitos técnicos em sua língua local. O software do sistema pode gerar automaticamente as faturas adequadas, a fim de garantir que os clientes são cobrados de acordo com os seus contratos. Os clientes também podem acessar o sistema para monitorar suas contas.

Os pneus contendo as tags EPC Gen 2 passivas UHF podem ser lidos por um leitor RFID portátil e os dados podem então ser a entrada indicando o serviço ou a inspeção particular que está sendo fornecido. Além disso, sensores de pressão dos pneus e do piso podem enviar os resultados das medições para o sistema FleetOnlineSolutions por meio de uma conexão Bluetooth, para que essas medidas sejam armazenadas junto com o identificador único do pneu (ID).