RFID Noticias

Referência em TI para varejo, loja da Billabong no Alphaville atrai visitantes até de outros países

Para implantar as tecnologias de multitouch, bem como QRCode (Quick Response Code), realidade aumentada e varejo social, foram utilizados recursos da Posigraf, do Grupo Positivo.

No caso da solução antifurtos, a Vip-Systems desenvolveu um aplicativo para uso com etiquetas de RFID. Se um produto passar pela porta de saída da loja antes de ser pago, as antenas emitem um sinal de alerta e o sistema audiovisual da loja exibe no monitor do caixa uma foto do produto em questão e também o vídeo da pessoa que passou pelo sistema de segurança com a mercadoria.

“Somente as mercadorias que foram pagas tem suas etiquetas de RFID desativadas automaticamente pelo sistema. Assim, qualquer produto que passar pelos portais de sensores da saída sem ter passado pelo caixa será identificado instantaneamente”, esclarece Regiane.


Sensor na porta: segurança e gestão


A loja também conta com um expositor inteligente, que sugere outros produtos que combinam ou possam ser usados como acessórios de alguma mercadoria que o consumidor tenha escolhido. “Esse recurso mostra a localização física do produto e o caminho a ser percorrido pelo cliente para encontrar o produto desejado. Quando o cliente retira um produto, o leitor de RFID faz a leitura e apresenta as informações em um tablet (iPad ou similar), como as cores e os tamanhos disponíveis”, acrescenta Regiane.

Outros recursos são a Arara Inteligente, que faz o inventário dos seus produtos constantemente; o Provador Inteligente, que sugere produtos coordenados com os que o cliente levou para experimentar, além de permitir contato remoto com os vendedores da loja; o Espelho Interativo com o qual o cliente tira uma foto sua e experimente virtualmente roupas e acessório em 3D, além de poder envar sua imagem final para uma rede social ou para o seu email pessoal; e a Gestão de Ativos, para fazer a gestão eficiente dos itens disponíveis na loja.