RFID Noticias

Lacoste cria showroom high tech em São Paulo

Os produtos vendidos no mercado brasileiro são distribuídos em cinco lojas próprias da Lacoste, mais de 80 franquias da marca e, também, em mais de 1.000 pontos de vendas multimarcas. "Agora, o nosso showroom está vendendo o que teremos disponível para o público daqui a um ano. Ou seja, já estamos recebendo os pedidos de franqueados e lojistas multimarcas, que vêm aqui no escritório para fazer seus pedidos", explica Assis, no escritório da av. Faria Lima.

No estoque há produtos de couro, sapatos, bolsas e, lógico, os produtos têxteis, carro-chefe da companhia. Já o sistema RFID utiliza dois leitores manuais da Zebra Technologies para contagem e localização de produtos. Para o check-out de mercadorias, utiliza-se o interrogador de mesa RFID UHF Identix rPad.

Sérgio Gambim, CEO da iTag
E, no hall do elevador, foi instalado um leitor xArray, da Impinj, que lê as tags dos produtos que estão nesta área do showroom e avisa os gestores da Lacoste, para, assim, impedir que mercadorias saiam de modo indevido, evitando extravios.

"Queremos fazer o inbound, outbound e inventário das peças com auxílio das funcionalidades de RFID", planeja o executivo da Lacoste. "Como acontece em qualquer projeto, precisamos validar todo o cenário, mapeando as oportunidades, custos, caminhos críticos e os benefícios que o projeto pode agregar ao nosso business".

Sérgio Gambim, CEO da iTag, afirma que para a sua empresa "é uma grande honra, auxiliar no desenho da RFID para a Lacoste, a primeira camisa polo do mundo".