RFID Noticias

Empresas criam parceria por segurança em IoT

SigmaDots e Telit estão colaborando no uso da tecnologia blockchain para roteadores, painéis de controle, gateways e outros dispositivos de Internet das Coisas

Por RFID Journal Brasil

3 de junho de 2019 - A startup de segurança cibernética SigmaDots está atuando em parceria com a Telit, uma facilitadora de Internet das Coisas (IoT), para expandir a segurança em IoT e fortalecer a continuidade dos negócios alavancando a tecnologia SigmaDots. A SigmaDots é uma subsidiária do Essence Group, provedora de dispositivos conectados em LTE e plataformas de IoT.

A SigmaDots desenvolveu uma solução integrada de segurança cibernética baseada em blockchain para sistemas IoT e Internet das Coisas Industrial (IIoT). A Telit está trabalhando em estreita colaboração com a SigmaDots para melhorar a resiliência aos ataques cibernéticos. Juntas, as empresas estão colaborando no uso da tecnologia blockchain para roteadores, painéis de controle, gateways de IoT e outros dispositivos de IoT, a fim de reduzir a vulnerabilidade do dispositivo a ameaças cibernéticas.

"A onipresença dos dispositivos de IoT os torna alvos atraentes para o dano cibernético", disse Alon Segal, vice-presidente sênior de software e serviços da Telit, em uma declaração preparada. "Nossa colaboração com a SigmaDots adiciona outra camada de resiliência de segurança e comunicações usando tecnologias distribuídas para oferecer soluções de infraestrutura seguras e avançadas para nossos clientes."

As soluções baseadas em software da SigmaDots utilizam uma arquitetura sem servidor, trazendo segurança cibernética baseada em blockchain para o ecossistema IoT, relata a empresa. Ela emprega uma plataforma escalonável, interoperável e segura, adaptada aos recursos limitados da IoT, para ajudar os ecossistemas conectados a acelerar a economia de máquina a máquina.

"A IoT está finalmente cumprindo suas promessas de conectividade completa - wearables, aplicativos móveis, segurança doméstica, medidores inteligentes e na indústria - geralmente em qualquer lugar", disse Itsik Harpaz, gerente geral da SigmaDots, na declaração preparada. "No entanto, essa conectividade traz ameaças significativas - um ataque em um único dispositivo pode se espalhar por toda a rede". Dispositivos de IoT sem proteção cibernética forte, explica a empresa, podem se tornar parte de uma botnet para realizar ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS), ou podem ser vítimas de ataques com foco na IoT, como "man-in-the-middle", roubo de dados e identidade e sequestro de dispositivos.

"A tecnologia SigmaDots foi desenvolvida a partir da necessidade de fortalecer a segurança de nossos dispositivos de IoT", disse o Dr. Haim Amir, CEO e fundador do Essence Group. "Estamos criando soluções de dispositivos conectados inovadores há mais de 25 anos, por isso entendemos completamente os desafios e a necessidade de criar uma proteção cibernética segura." A solução SigmaDots pode ser incorporada em sistemas sobre chips e também está disponível como um produto de pós-venda que os distribuidores de IoT podem instalar como uma solução de valor agregado.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »