RFID Noticias

Farmacêutica automatiza etiquetagem de produtos

A Nephron Pharmaceuticals está fabricando suas próprias etiquetas RFID para anexar a cada seringa fornecida a hospitais e prestadores de serviços de saúde

Por Claire Swedberg

29 de março de 2019 - A fabricante de medicamentos Nephron Pharmaceuticals está criando etiquetas RFID UHF nos rótulos que são aplicados a suas seringas pré-carregadas. O sistema torna cada item individualmente visível onde os leitores de RFID são empregados em suas próprias instalações, bem como nas instalações de seus clientes de saúde.

Com a tecnologia implantada, a empresa pode ajudar clientes a gerenciar o inventário com mais eficiência e segurança, eliminando a necessidade de verificações manuais durante o reabastecimento e a distribuição. Os clientes do prestador de serviços de saúde da empresa estão lendo as tags com leitores RFID Kit Check, e estão utilizando o software baseado em nuvem para gerenciar dados sobre cada produto.

Uma seringa composta
A Nephron Pharmaceuticals faz medicamentos genéricos e é uma instalação de terceirização 503b registrada no Food and Drug Administration (FDA), dos EUA. Esses produtos compostos 503b visam a ajudar a atender a escassez de medicamentos, com base nos requisitos da FDA. Os produtos 503b consistem em seringas pré-cheias e soluções parenterais de pequeno volume (SVPs) embaladas individualmente para hospitais e prestadores de serviços de saúde, diz Hank Jibaja, diretor de informações da Nephron.

A empresa abriu uma nova instalação em West Columbia, SC, em 2015. O local de 40.000 metros quadrados produz 1,1 bilhão de doses respiratórias genéricas a cada ano usando o selo blow-fill, além de milhões de seringas 503b pré-cheias.