RFID Noticias

Solução da Lockheed rastreia peças em todo o mundo

O sistema baseado em RFID, GPS, celular e satélite permite que a empresa aeroespacial rastreie os componentes de várias linhas de aeronaves

Por Claire Swedberg

21 de março de 2019 - A Lockheed Martin por meio de sua divisão de Sistemas Rotativos e de Missão Aeronáutica expandiu um programa de RFID para incluir o caça F-35 Joint Strike Fighter e está rastreando os componentes que faz para três aeronaves diferentes, em todo o mundo. A tecnologia, que junta conectividade por RFID, GPS, celular e satélite, aumentou sua eficiência. Também assegurou que as mercadorias não acabem faltando, enquanto rastreia as condições em tempo real, para que a empresa aeroespacial possa entender se a temperatura, a umidade ou o impacto durante o transporte podem danificar os componentes de alto valor.

A tecnologia, fornecida pela Curo International, consiste em etiquetas RFID ativas de 433 MHz nos componentes das aeronaves, que transmitem sensores dados para dispositivos GPS sem fio e alimentados por bateria. As unidades não apenas leem as tags, mas capturam dados referentes às condições ambientais, depois encaminham as informações coletadas para o servidor da Lockheed Martin via conectividade via satélite ou celular, junto com leituras de longitude e latitude.

Caça Lockheed Martin F-35 Joint Strike Fighter
O software Curo International iTrakG enterprise captura e gerencia os dados por detrás do firewall da Lockheed Martin. A implantação é finalista do RFID Journal Awards 2019, na categoria Best RFID Deployment. Os ganhadores do prêmio serão conhecidos durante o RFID Journal LIVE!, de 2 a 4 de abril, em Phoenix, nos Estados Unidos.

A história da Lockheed com RFID se estende por mais de uma década. Inicialmente, a empresa lançou uma iniciativa de RFID selecionando hardware e software de dezenas de fornecedores para começar a criar soluções para uso interno, além de fornecer visibilidade em trânsito e monitoramento de integridade dos componentes enviados para os locais dos clientes. A longo prazo, a empresa espera ver etiquetas RFID em componentes usados por seus clientes para ações como manutenção e reparo.

A Lockheed selecionou a Curo International como fornecedora de software e hardware para um sistema de rastreamento global de RFID e GPS, diz Kimberly Gray, CEO da Curo International. Inicialmente, a empresa aeroespacial descobriu que seus clientes que compram componentes ou aeronaves da Lockheed tinham alguma apreensão em relação ao uso de RFID, de acordo com Corey Cook, arquiteto sênior de soluções de sustentação empresarial da Lockheed Martin. Alguns implantaram sistemas RFID iniciais e descobriram que o custo era maior que os benefícios.

Em 2011, a divisão de Logística e Sustentação da Lockheed Martin criou uma biblioteca de recursos de RFID para seus clientes, incluindo uma lista de tags, leitores e plataformas de software disponíveis, bem como as principais funcionalidades e vantagens de cada um. Nesse meio tempo, a empresa começou a usar a RFID em casa para rastrear o pessoal em seu local de produção em Fort Worth, Texas.