RFID Noticias

FastChecker avalia desempenho de tags UHF

De acordo com Bardauil, o FastChecker pode ser usado para determinar a melhor tag e a sua melhor posição em um equipamento hospitalar, por exemplo pois a escolha do local influi bastante na sua performance. "Fica evidente seu comportamento em relação às frequências, dando ao profissional uma perfeita visão de seu comportamento no espectro de frequências, exatamente em seu limiar de operação (threshold)".

Nos serviços laboratoriais, o equipamento ajuda a estabelecer a maneira exata para aplicação das tags em objetos contendo materiais orgânicos e instrumentos cirúrgicos. "Para se ter uma ideia da operação em threshold e se determinar a sensibilidade, basta comparar ao que é feito na medição da sensibilidade auditiva de pessoas: mede-se na região do limiar da audição".

Em empresas do varejo, o FastChecker está sendo testado por profissionais que implantam aplicações em diversos produtos diferentes, ajudando-os a minimizar o número de tipos de tags para atender a demanda de vários bens. "O controle por tecnologia RFID está se expandindo cada vez mais para a origem dos produtos oriundos de manufatura, agricultura, pecuária e serviços", aponta Bardauil.

"Esta demanda vem das áreas comerciais, pois a tecnologia facilita o controle e rastreabilidade dos produtos. O FastChecker torna-se, então, essencial para grandes empresas controlarem a qualidade da aplicação de tags pelos seus fornecedores", diz o engenheiro. O FastChecker, por ser um equipamento de fácil operação e acessível, atende também o ambiente educacional, onde pode demonstrar com facilidade os casos práticos de aplicação da tecnologia RFID UHF.

O software do FastChecker terá em breve seu download liberado pelo site www.getfasttag.com. Com ele qualquer usuário pode abrir arquivos gerados pelo hardware do FastChecker e assim interpretar os resultados de testes. "Para a operação do equipamento FastChecker, porém, além do software freeware é necessário ter o arquivo de licença de operação que é parte integrante do equipamento", determina Bardauil.

A comercialização do equipamento, que tem garantia de 1 ano, ocorrerá diretamente pelo site www.getfasttag.com ou por canais de revenda. "Estamos selecionando interessados em revender ou representar os nossos produtos, tanto no Brasil como no exterior". O FastChecker custa US$ 2,000.00, com a licença de software. O equipamento dispõe de registros em diversas agências internacionais.

O lançamento está previsto para o mês de abril.