RFID Noticias

Dotdot 1.0 melhora comunicação com Zigbee

Com a camada de aplicativo Dotdot agora adicionada aos produtos Thread, essa conexão pode ser feita automaticamente entre os dispositivos Thread e Zigbee. Para ajudar nisso, a Zigbee Alliance usa seu próprio aplicativo móvel de comissionamento existente, ampliado do aplicativo de comissionamento de threads para incluir a configuração de dispositivos em nível de aplicativo em uma rede Thread. Este aplicativo móvel, assim como a Zigbee Cluster Library, agora está habilitado para ser executado em redes IP.

Esses esforços são uma resposta ao recente crescimento nas implantações de IoT. Quando Zigbee foi lançado pela primeira vez, a Internet das Coisas ainda não existia e as empresas buscavam soluções verticais que consistiam em um sistema de sensores sem fio para um único caso de uso. "Eles foram construídos para servir uma função específica ao lado de outras tecnologias", explica Berrios. Desde aquela época, o advento da IoT resultou em muitos produtos baseados em Zigbee usando redes sem fio para transmitir dados. O Zigbee é comumente usado em implantações de iluminação de casas inteligentes e automatizadas, e há um foco mais horizontal nos dias de hoje, em que as empresas buscam mais funcionalidades disponíveis na mesma rede, utilizando uma variedade de tecnologias e camadas de aplicativos.

Ao longo do ano passado, a Zigbee Alliance vem conduzindo testes do Dotdot 1.0 para garantir que a especificação esteja completa. Vários membros vêm testando a tecnologia, diz Berrios, e espera-se que lancem produtos de iluminação e de automação residencial ao consumidor ainda este ano.

Quando o teste com a Zigbee Alliance for concluído, várias empresas-membro esperam acelerar o desenvolvimento de produtos Dotdot sobre Thread. Para aqueles que usam uma rede tradicional baseada em IP, observa Berrios, o Dotdot 1.0 agora serve como uma camada de aplicação padrão que uma empresa pode colocar no topo dessa rede.

A Zigbee Alliance tem um roteiro que continua os planos de interoperabilidade com outras redes, diz Berrios, acrescentando: "Estamos em conversas com outras redes que não são baseadas em IP". O grupo está atualmente em negociações com a Wi-Fi Alliance para permitir a interoperabilidade com dispositivos Wi-Fi. "Wi-Fi é onipresente", diz ele, "então, trazendo o nosso protocolo de aplicação para esse transporte particular, teremos uma audiência mais ampla".

À medida que as soluções IoT continuam a proliferar, Berrios prevê: "Será difícil ter uma única tecnologia que atenda a todas as necessidades do mundo real". Ele acrescenta: "Sentimos que Dotdot pode ser a primeira camada que unifica todos os que falam essa língua. Isso desencadeará uma onda de criatividade".