RFID Noticias

Lojas buscam mais automação e eficiência

Isso deixa muito espaço para melhorias, observa Moore. Com isso em mente, ele aconselha: os varejistas devem continuar analisando a evolução de seu próprio modelo de atendimento. "Eu acho que toda a jornada para a realização está lá", afirma. "Alguns já estão no processo; isso vai continuar a evoluir". O objetivo é salvar uma venda e ajudar os funcionários da loja a fazer isso fornecendo acesso aos dados do inventário por meio de um dispositivo portátil.

De acordo com a Zebra, os funcionários de vendas achavam que se beneficiariam com o uso de tablets, o que poderia fornecer a eles o mesmo tipo de acesso fácil a informações baseadas na Internet que os consumidores obtêm de seus smartphones. Tanto os compradores (51%) quanto os trabalhadores (56%) disseram acreditar que os clientes estão mais conectados às informações do consumidor do que os funcionários.

Uma nova pergunta sobre o estudo deste ano se refere à satisfação dos compradores com a segurança da informação pessoal, e ficou evidente que isso constitui um problema. Apenas 13% dos entrevistados confiam nos varejistas para proteger seus dados. A Zebra aborda problemas de segurança com uma solução de segurança de software conhecida como LifeGuard, que fornece atualizações de segurança para dispositivos Android. O sistema foi projetado para uso com os computadores móveis Android da Zebra. "Ou seja, parte do nosso contrato de serviço de suporte", diz ele, "mas fornece atualizações de segurança agressivas" para dispositivos Android.

Não apenas os compradores sentem que têm mais acesso a informações sobre produtos do que os associados da loja, mas os funcionários se sentem sobrecarregados e alegam que suas lojas estão com pouco pessoal. O acesso à informação baseada em tablet para os trabalhadores poderia ajudar a aliviar os dois problemas, especulam os autores do estudo. Anteriormente, os pesquisadores haviam perguntado aos consumidores milenários se eles se sentiam mais conectados do que os associados das lojas, mas este ano a questão foi colocada para compradores de todas as idades

O fato de os funcionários se sentirem sobrecarregados é outra preocupação que poderia ser abordada de alguma forma com a automação "Se você não está dando aos funcionários das lojas as ferramentas necessárias para atender melhor os clientes", Moore afirma, "eles vão se sentir sobrecarregados e com falta de pessoal".