RFID Noticias

IoT ajuda a compartilhar scooters motorizados

Solução de conectividade serve para rastrear os veículos e permitir que os usuários do sistema acionem o funcionamento por meio de um app

Por Claire Swedberg

17 de dezembro de 2018 - A Premier Wireless Solutions (PWS) está em parceria com a empresa de telemática e Internet das Coisas (IoT) CalAmp, para fornecer um serviço de compartilhamento de veículos habilitado para IoT para cidades e provedores de serviços. As duas empresas sediadas na Califórnia estão disponibilizando sua solução para gerenciamento de scooters motorizados para provedores de micro mobilidade que estão lançando serviços de compartilhamento de veículos de duas rodas elétricos nos Estados Unidos.

O compartilhamento de scooters elétricos é parte de uma tendência de transporte de mobilidade reduzida que se espalhou por áreas urbanas nos Estados Unidos nos últimos anos. As scooters são projetadas para levar os passageiros até a sua casa ou escritório, a partir de sua estação de transporte público.

A PWS fornece a solução baseada em nuvem para permitir o compartilhamento de veículos, incluindo a captura e o compartilhamento de dados de utilização de scooters e a exibição de dados de localização em tempo real no aplicativo de viagem. O CalAmp, por sua vez, fornece a tecnologia de telemática com sensores e conectividade necessários para identificar locais de veículos e impulsionar eficiências operacionais e otimizar o uso de ativos.

Com esses dados, uma pessoa pode localizar uma scooter disponível nas proximidades e pagar para acessá-la, enquanto o provedor da cidade ou da scooter pode visualizar o histórico de uso, os locais dos ativos, o status da bateria e outras informações sobre sua frota. "A plataforma PWS permite que eles tenham informações de localização e comunicação em tempo real para cada scooter através do dispositivo CalAmp", explica Dave Rattay, gerente regional de vendas da Premier Wireless Solutions.

O compartilhamento de scooter pode ser desafiador para cidades ou empresas que possuem uma grande frota de ativos espalhados por uma grande área. Identificar onde cada ativo está localizado tende a ser um processo manual se nenhuma solução baseada em IoT estiver em vigor. Algumas soluções dependem dos dados de GPS do celular de um usuário para determinar onde uma scooter sendo usada está localizada, mas esse processo proporciona uma experiência ruim ao usuário, diz Rattay, uma vez que degrada a bateria do telefone.