RFID Noticias

Conferências ganham inteligência com RFID

Empresas de soluções digitais têm sistemas com RFID para coleta automatizada de dados que proporcionam experiências melhores para os participantes

Por Claire Swedberg

13 de dezembro de 2018 - Gestores de eventos que já utilizam as tecnologias RFID e Bluetooth Low Energy (BLE) para visualizar e rastrear o movimento dos participantes em conferências e exposições, estão descobrindo maneiras de obter mais informações para otimizar as experiências dos visitantes e expositores. O objetivo é melhorar a experiência que os convidados têm em conferências, aumentar o envolvimento nesses eventos e, finalmente, tornar as conferências mais interessantes e lucrativas.

Os provedores de soluções digitais oferecem um portfólio crescente de sistemas, não apenas para ajudar a gerenciar eventos para aqueles que os atendem, mas também para acompanhar os resultados - a ponto de entender a receita obtida pelas empresas participantes, com base em sua presença em uma conferência.

RFID e BLE são usadas para otimizar a experiência em eventos
As conferências estão coletando dados de várias formas e as tecnologias RFID, BLE e Near Field Communication (NFC) são as preferidas para este processo. As tecnologias já estão sendo usadas para impulsionar os serviços experimentais e de logística, diz Alex Nuttall, vice-presidente de estratégia da empresa de soluções digitais Kindle Communications. A empresa atua como uma agência de comunicação estratégica e uma empresa de produção de eventos para empresas, trabalhando em estreita colaboração com provedores de tecnologia que fornecem dados para seus sistemas.

As conferências, por exemplo, podem utilizar dados sobre locais e atividades dos participantes para ajudá-los a se encontrar nos eventos. No entanto, observa Nuttall, a iniciativa vai além disso. Por exemplo, se um indivíduo estivesse usando ou carregando um crachá de RFID, o local dele ou dela seria frequentemente capturado, tanto historicamente quanto em tempo real. Essa pessoa pode, então, por exemplo, visualizar sua localização enquanto visita uma tela grande ou projetor, tocando seu crachá perto de um leitor. A agenda do indivíduo pode ser vinculada a esse local.

O sistema pode ser ainda mais personalizado, com base nas atividades e presença anteriores de um usuário, para exibir uma mensagem - por exemplo, "Hey John, bem-vindo de volta! Aqui estão algumas sessões em que você pode se interessar". Ou pode indicar outras empresas que um participante pode querer investigar.