RFID Noticias

Companhia libera solução IoT para desenvolvedores

"Os usuários podem coletar dados sobre o momento em que os espaços estão vazios", diz Hart, podendo assim ajustar os preços em horários específicos, por exemplo, para incentivar os motoristas a usar esses espaços durante o dia e a semana. A malha pode ser usada para aplicações como ventiladores de monitoramento ou outros equipamentos mecânicos, para evitar falhas ou prever requisitos de manutenção. Esse sistema pode utilizar sensores de temperatura, pressão ou outros sensores para identificar quando uma máquina pode não estar funcionando corretamente. "Também é ótimo para interações locais", afirma Hart, em lugares onde uma conexão com a Internet pode não estar disponível.

Por exemplo, os transmissores poderiam ser instalados em minas e poderiam encaminhar dados do sensor para o receptor, que poderia ter uma conexão Ethernet a um laptop que coletaria dados e, se necessário, emitiria um alerta indicando que as condições da mina não estavam saudáveis. "Você poderia enviar a mensagem diretamente para um dispositivo alarmante", diz Hart, "ou usar conectividade local com uma conexão celular" utilizada pelo receptor.

"Nos próximos seis meses", afirma Hart, "esperamos ver muito mais casos de uso voltando para nós", conforme os desenvolvedores experimentam a tecnologia. Nesse ponto, a Particle pode optar por desenvolver soluções específicas que as empresas possam utilizar para aplicações como monitoramento de estacionamento ou manutenção de equipamentos. Em uma instalação típica, a empresa estima que cada gateway poderia suportar de 10 a 20 transmissores de sensor.

Até agora, diz Hart, aproximadamente 35.000 dispositivos foram encomendados, assim como kits de desenvolvimento. Os desenvolvedores podem usar o kit para configurar um sistema no qual um único argônio, boro ou xenon serve como um receptor, com uma opção de sensores conectados aos dispositivos de malha que transmitem para esse receptor. Eles poderiam então desenvolver aplicativos e soluções baseadas em software ou comprar assistência da Particle para desenvolver um sistema para eles. Normalmente, uma empresa pagaria uma taxa única pelo hardware do sensor, bem como uma taxa mensal pelo acesso aos dados.