RFID Noticias

Jukebox high tech anima público infantil

Quando um pai ou jogador inicia o sistema, primeiro faz o download do aplicativo Jooki em seu dispositivo iOS ou Android ou simplesmente usa um computador para abrir o site Jooki Rocks. O usuário faz upload de arquivos de áudio de música ou histórias, ou suas próprias gravações de si mesmos lendo histórias. O pai seleciona uma lista de reprodução e a personagem que quer associar a essa lista de reprodução.

Uma criança pode simplesmente pegar uma figura em particular e colocá-la no reprodutor. O leitor NFC irá capturar a identificação da etiqueta e encaminhá-la, através de uma conexão Wi-Fi, ao software Jooki, e o sistema reproduzirá a música associada à figurinha. Desta forma, embora o pai da criança use um aplicativo para habilitar o sistema, a criança pode acessar a música sem pegar um telefone ou outro dispositivo baseado em tela.

Theo Marescaux, da MuuseLabs
O sistema também serve no modo de transmissão, para simplesmente tocar música por Wi-Fi, de serviços gratuitos aos quais o pai de uma criança o conectou. A empresa está agora no processo de ligar o dispositivo com serviços comuns de transmissão de música, para permitir que os usuários desses serviços usem listas de reprodução com as figurinhas. Como o sistema é baseado em Wi-Fi, Marescaux diz que pode receber atualizações de firmware, permitindo que a empresa atualize e expanda suas capacidades.

Com o lançamento do brinquedo em novembro de 2017, diz Marescaux, os consumidores compartilharam vídeos de seus filhos respondendo ao sistema e ele ficou entusiasmado com a maneira como foi usado. Ele notou, por exemplo, que "quando colocam um personagem no Jooki, a primeira coisa que fazem é começar a dançar". Isso acontece quando as crianças acessam música em um telefone, explica, quando tendem a se sentar e a visualizar uma tela enquanto a música está sendo tocada.

O brinquedo é certificado para crianças com idades de três anos ou mais, embora Marescaux diga que adolescentes e adultos também manifestaram interesse em usar o dispositivo. "Esse não é o mercado que estamos buscando ativamente", diz, embora reconheça que usa o próprio brinquedo para ouvir música.

O sistema custa € 200 (ou US$ 250) para clientes europeus e custará aproximadamente US$ 200 nos próximos meses. Funciona em duas opções de volume: um modo mais suave, amigável para crianças e um modo "festa" (que deve ser ativado por um pai usando o aplicativo). O modo amigável para crianças segue os níveis acústicos de segurança dos brinquedos para crianças a partir dos três anos de idade.

Os usuários podem solicitar uma variedade de cores, bem como tokens que podem ser decorados com adesivos para tornar cada um exclusivo. Dessa forma, Marescaux diz que os usuários podem criar um número ilimitado de playlists.