RFID Noticias

Dispositivos IoT conectam máquinas antigas

No futuro, quando os blocos tiverem funcionalidade baseada em RFID ou ZigBee, também poderão ler tags RFID ou transmitir e ler dados entre si. Os dispositivos podem ser conectados em rede em um único sistema no software e ser programados para enviar e receber dados de forma sem fio para frente e para trás.

Não há limite técnico para o número de blocos que podem ser anexados a uma pilha, diz Kiliany, e os blocos podem ser anexados em qualquer ordem. "A única regra é que cada pilha tem uma base", afirma.

Gary Kiliany, da Interstacks
A Interstacks está atualmente trabalhando com integradores de sistemas que estão fornecendo pilhas para seus próprios clientes industriais. A tecnologia tem preço entre US$ 50 e US$ 100 por bloco, embora o bloco habilitado para celular custe US$ 300. A Superbase tem um preço de US$ 90.

Embora a empresa ainda não tenha desenvolvido um bloco habilitado para Bluetooth Low Frequency (BLE), diz Kiliany, isto pode estar no futuro. "Nós ainda não tivemos um projeto BLE", afirma ele, "mas pensamos que a tecnologia é útil", especialmente para aplicações envolvidas na localização de peças ou paletes, se os clientes expressarem interesse nessa aplicação.

Até agora, diz Kiliany, os blocos de módulos foram projetados e lançados com base nos requisitos do cliente. "A Interstacks é realmente um conjunto de ferramentas genéricas e rápidas de construção de hardware que você pode aplicar em tantas verticais", explica. Embora a tecnologia tenha sido desenvolvida inicialmente para gerar comunicação entre máquinas antigas, os integradores de sistemas e os usuários finais estão tendo ideias mais inovadoras quanto ao uso do hardware. Essa é a beleza da abordagem modular, diz Kiliany, acrescentando que sem a pilha, "tudo o que você pode ter são caixas fechadas fixas" para funcionalidades específicas. "É difícil ser criativo com isso. Eu acho que o mercado precisava de uma ferramenta flexível como essa para evoluir".