RFID Noticias

Bancos australianos desafiam NFC da Apple

Assumindo a aprovação do ACCC, Blockley diz que "a negociação coletiva seria limitada ao acesso apenas à função NFC. Todos os outros itens, como implantações individuais, seriam uma negociação de um para um".

O grupo bancário afirmou que trabalhará com a Apple para garantir que os aplicativos NFC possam coexistir no iPhone e que a experiência do usuário na troca entre eles seja simples e conveniente para qualquer usuário que desejar instalar uma carteira móvel competitiva.

Phil Sealy
Se o ACCC aprovar ou rejeitar o pedido, a decisão poderia estabelecer um precedente interessante, diz Phil Sealy, analista sênior da ABI Research. O sistema Apple Pay, explica, tem sido muito bem-sucedido em fornecer um sistema de pagamento sem contato que é o único sistema baseado em NFC para iOS. O desafio dos quatro bancos australianos pode ser a primeira ação legal, diz ele, para tentar quebrar isto.

"Se perderem", afirma Sealy, "acho que outras pessoas provavelmente pensarão que não adianta tentar desafiar as restrições NFC da Apple em outras partes do mundo. Por outro lado, se a ACCC aprovar o pedido, a Apple enfrentará pressão para fornecer uma função NFC aberta em seus dispositivos na Austrália, o que pode ser de interesse para bancos e consumidores em todo o mundo". Segundo Sealy, "isso mostra que os bancos da Austrália entendem que você tem que agregar valor aos consumidores".

Isso encorajaria os consumidores a optar por pagamentos baseados em telefonia móvel em vez de aqueles com um cartão de crédito ou débito. A adição de outros serviços inovadores, incluindo lealdade e cupom, cria uma ferramenta de pagamento mais poderosa para os consumidores, diz Sealy, permitindo também que os bancos coletem mais dados através de uma nova mídia intuitiva - um dispositivo inteligente.

"Fazer um pagamento por smartphone ou wearable ainda tem um grau de novidade, mas isso é quando a convergência de pagamentos com outras aplicações entrarão em jogo", afirma ele, "criando um nível de aderência do consumidor e para maximizar a oportunidade na mudança de carteiras físicas para digitais".

A Apple já fez concessões para padrões baseados em NFC em outras partes do mundo, como no Japão.