RFID Noticias

HP Brasil cria plataforma inovadora para rastrear manufatura

Não é de hoje que a HP Brasil tem sido pioneira e inovadora no desenvolvimento e uso das tecnologias de identificação por radiofrequência (RFID) no país. Inicialmente, a RFID foi empregada na linha de montagem de impressoras, em Sorocaba (SP), e continua em funcionamento desde a década passada. Depois disso, a companhia adotou RFID para reciclar equipamentos eletrônicos usados – projeto que ficou conhecido como SmartWaste (ou, em português, Lixo Inteligente) e recebeu a premiação internacional RFID Journal Awards, em 2012, na categoria “Verde” (Green Award).

Mais recentemente, com a maturação das atividades do SmartWaste, foi criado o Sinctronics, uma planta pioneira no mundo para desmontagem de equipamentos eletrônicos descartados, que utiliza RFID e se baseia no conceito de Economia Circular, com o objetivo de fabricar peças para produtos novos a partir de materiais reciclados, reduzindo a dependência da extração de recursos naturais. Esta fábrica também realiza pesquisas com materiais reciclados e atende demandas ambientais brasileiras como as previstas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Kami Saidi, Head of LATAM Manufacturing & Supply Chain Operations da HP
De acordo com Kami Saidi, Head of LATAM Manufacturing & Supply Chain Operations da HP, os investimentos em tecnologia são parte intrínseca da estratégia da companhia. “Alguns projetos desenvolvidos no Brasil já foram expandidos mundialmente”, explica Saidi. “A tecnologia RFID atualmente utilizada no Brasil está em estudos para ser ampliada no contexto internacional das operações para gerenciamento dos processos produtivos e logísticos da HP”.

O que motivou a HP a utilizar os padrões GS1 foi o controle da operação end-to-end, onde precisa racionalizar, automatizar e gerenciar operações, alinhá-las com os negócios e, ainda, pelos melhores custos de operação. Assim, a HP buscou melhorar a qualidade da informação, com maior velocidade de acesso e integração entre as áreas de vendas, manufatura e logística, além de ter controle amplo sobre todos os processos.

Iniciado em novembro de 2014, o projeto Exceler8 - Innovating Industry 4.0 teve seus primeiros resultados divulgados em setembro de 2015. E, no final deste ano de 2016, espera-se que a plataforma tenha sua utilização ampliada da área de manufatura para a integração com o Centro de Distribuição HP.

Para atingir estes objetivos, as informações necessárias para a equipe da HP gerenciar as operações estão disponíveis em um único local, que pode ser acessado por diversas pessoas de acordo com os seus perfis. Ao garantir que os dados estejam sempre atualizados, a HP Brasil atingiu um grande avanço qualitativo nos processos de gestão de clientes e gestão comercial, com ganhos em eficiência que se traduzem em economia anual de centenas de milhares de dólares, bem como em um aumento significativo na satisfação geral dos clientes, fidelizados graças à excelência dos serviços.