RFID Noticias

Empresa aérea automatiza check-in

Em primeiro lugar, o usuário deve baixar o aplicativo SpiceJet em seu dispositivo Android ou iOS. Ele pode, então, reservar um voo no aplicativo e o sistema liga essa informação do voo aos seus dados pessoais no software da SpiceJet. Quando chega ao aeroporto, o beacon da área transmite seu número de identificação para o telefone do passageiro e o aplicativo determina sua localização. O software em seguida, procura todos os voos programados para as próximas três horas, bem como o número do voo ligado ao telefone do indivíduo e exibe o voo correspondente no que telefone.

O passageiro pode então reconhecer o seu voo. Quando faz isso, é automaticamente realizado o check-in e seu cartão de embarque é armazenado em um arquivo no aplicativo. Dessa forma, quando atinge o oficial de segurança, pode facilmente acessar o passe e mostrá-lo.

Glória Nelson
Se o passageiro tem uma mala para despachar, deve usar o método tradicional de imprimir uma etiqueta de bagagem no balcão de check-in e soltar a bagagem no balcão apropriado.

Se o cliente não responder à transmissão do beacon na área das partidas ou se não receber essa transmissão, ainda pode usar a tecnologia na área de check-in. Um beacon Estimote fica instalado nesta área também e o viajante pode responder à mensagem ligada à transmissão deste dispositivo. Outra opção é andar de um sinal exibido na área, e – desde que seu telefone tenha a tecnologia NFC embutida – tocar o aparelho contra o sinal para iniciar o processo de check-in através do aplicativo.

A tecnologia foi oferecida para aqueles que já utilizam o aplicativo para reservar voos. No final de julho, o sistema foi anunciado publicamente com uma cerimônia que incluiu autoridades da Índia. Os membros da equipe do aeroporto agora estão incentivando os passageiros a experimentar a nova tecnologia. Até agora, Nelson relata que apenas alguns passageiros usam o sistema, mas os números estão aumentando à medida que mais pessoas ficam sabendo da facilidade.

30% das pessoas usam dispositivos iOS, afirma Nelson, enquanto que 70% utilizam a versão Android. Daqueles com Androids, a maioria prefere a tecnologia NFC, para tocar o seu telefone contra o sinal. No entanto, ainda é cedo para avaliar o tempo economizado dos passageiros que utilizam o sistema ou pelo pessoal da SpiceJet. "Nosso objetivo é melhorar a experiência do cliente e reduzir o congestionamento", afirma ela, e a companhia planeja determinar quão bem o sistema atinge esse objetivo.

A SpiceJet também está em conversas com outros aeroportos onde a tecnologia poderia ser empregada. Alguns aeroportos estão se movendo em direção a um sistema semelhante ao implantado no aeroporto de Hyderabad que possa permitir a utilização dos cartões de embarque eletrônicos, ao contrário de versões em papel.