RFID Noticias

Boeing usa tecnologia para segurança no trabalho

Os aviões são pintados por vários homens por vez, cada um em uma plataforma de trabalho grande, móvel que pode subir ou se mover para a esquerda ou para a direita, proporcionando assim acesso a todas as partes da fuselagem de um avião. Os funcionários são obrigados a usar cintos de segurança durante a realização da obra, que, por vezes, exige que eles atinjam as linhas da fuselagem e de segurança. No entanto, Stelfox observa que, mesmo com cintos de segurança, há riscos. Embora observadores sejam responsáveis pelo acompanhamento dos pintores, não há nenhuma maneira infalível de que todo o pessoal esteja cumprimento a política de segurança da Boeing o tempo todo. Além disso, com várias plataformas se movendo ao mesmo tempo e com pintores focados em seu trabalho e na gestão de pulverizadores da pintura pesada, é possível que os pintores não estejam 100% seguros.

A solução The MotionWorks Painter Fall Protection System da Zebra, desenvolvida para Boeing, destina-se a resolver os dois problemas: rastrear continuamente os locais onde o pessoal usa plataformas e garantir que todos estejam em conformidade com a política de segurança da Boeing. Além disso, a solução permite desligar automaticamente as plataformas no caso de uma condição de não-conformidade.

A empresa aeroespacial instalou receptores de banda ultralarga da Zebra nos hangares onde os aviões são pintados
"Isto fez ambas as equipes de engenharia da Zebra e da Boeing terem de pensar juntas sobre como manter esses caras em segurança", diz Stelfox, "incluindo encontrar uma maneira de garantir que a tecnologia RFID operasse no ambiente metálico pesado". A Zebra também teve de investir um tempo considerável para aprender os processos de trabalho dos pintores, a fim de tornar o sistema mais fácil de usar para os funcionários da Boeing.

As empresas começaram o trabalho de desenvolvimento no início de 2014 e levaram seis meses para chegar a uma solução viável. A Boeing começou a usar o sistema no final de julho 2014 dentro de seis de seus hangares, localizados nas cidades de Seattle e Renton. Para implantar a solução, a empresa instalou receptores de banda ultralarga da Zebra nos hangares e forneceu tags UWB para o pessoal. A localização de cada trabalhador com etiquetas é representada por um ícone no mapa de área do hangar, representado no software Motionworks.

"Esta solução foi totalmente inovadora para nós e algo que estamos realmente orgulhosos", declara Stelfox. "Eles colocaram a sua crença em nós para projetar uma solução e eu acho que nos escolheram por causa da nossa tenacidade para fazê-lo".