RFID Noticias

DIRECTV reduz tempo de inventário de anos para semanas

Com a nova solução, a DIRECTV aplicou uma variedade de etiquetas UHF da Omni-ID e outros fornecedores , com uma tag para cada forma de ativo e a quantidade de metal que possui. Um novo equipamento recebe uma etiqueta quando chega nos três maiores centros de transmissão da empresa, bem como no armazém de distribuição em New Hampshire. Quando novos ativos são recebidos nas docas de carregamento, etiquetas RFID e etiquetas com códigos de barras serializados são postas nesses itens e o número de identificação de cada tag e etiqueta é introduzido no sistema Visi-Trac.

A etiqueta de código de barras, diz Seskin, é parte de um sistema legado que rastreia cada ativo por um número de identificação por código de barras de sete dígitos ligados a informações sobre o ativo no software da empresa. Com o sistema RFID, um trabalhador verifica o número de identificação de código de barras da etiqueta que é aplicada ao artigo e, em seguida, verifica a identificação de código de barras impressa na etiqueta de RFID. Os IDs são então encaminhados para o software de gerenciamento da DIRECTV.

Adam Seskin
Quando o item é montado em um rack, sua localização também é armazenada no Visi-Trac, que pode então compartilhar esses dados com o próprio software de gerenciamento de inventário da DIRECTV. Cada rack tem sua própria tag RFID e o ID é lido automaticamente um leitor portátil Motorola MC3190-Z handheld reader, da Zebra Technologies.

O software Visi-Trac funciona como uma interface para o servidor back-end da DIRECTV e pode ser acessado pelos leitores do pessoal em busca de um item extraviado, por exemplo. Também há um recurso de pesquisa para permitir que um usuário localize um ativo e permite a edição em tempo real para adicionar informações sobre o item, como necessidade de manutenção ou danos. No computador portátil montado pela Auditoria de Compras, os usuários podem visualizar o layout do centro de transmissão em um mapa, com cada rack aparecendo como um ícone que muda de cor para mostrar que suas tags foram lidas. Os usuários podem então localizar um ativo específico em um rack, se assim desejarem.

Além disso, o Visi-Trac permite o gerenciamento para entrar no software, a fim de ver onde o equipamento está localizado em todos os três centros de transmissão. No futuro, como os locais remotos e laboratoriais adicionais serão adicionados ao sistema, o equipamento desses locais será visível no software.