RFID Noticias

RFID CoE e GS1 certificam cinco novos profissionais

Para outro certificado, Jean Louis, da Fluxo Tecnologia, a certificação é uma das formas de inserir no mercado profissionais capacitados, contribuindo para o fortalecimento e credibilidade da tecnologia, além de possivelmente ser um requisito decisivo num processo onde haja alguma forma de concorrência.

"No momento estamos prospectando clientes em potencial, analisando possíveis aplicações da tecnologia no dia a dia dessas organizações. Essa análise está sendo de bastante útil pois assim podemos mostrar para os clientes que a RFID pode ser de fundamental importância para os negócios da empresa, desde que utilizada adequadamente", atesta. "Estamos na expectativa de fechar contratos com quatro clientes até o mês de março de 2015 e esse número pode crescer para seis ou sete até junho de 2015. Possuímos bons contatos tanto em Sergipe como em Alagoas".

O certificado Hylton de Carvalho Junior diz que somente profissionais qualificados têm a expertise para desempenhar projetos com a competência que esta tecnologia exige. "Trabalho somente na área industrial até o presente momento. Fazemos o levantamento das necessidades dos clientes, elaboramos o projeto, desenvolvemos o middleware e implantamos o projeto", conta. "Ser reconhecido como profissional qualificado e ter mais credibilidade no mercado" foram as expectativas de Carvalho para obter o documento. "O ideal é que as empresas busquem estes profissionais".