RFID Noticias

Petrolífera chinesa agiliza inspeções

A empresa selecionou a VictorySoft, empresa de tecnologia de TI que utiliza tags RFID EPC UHF de cinco fornecedores diferentes, de acordo com Xu Haiting, gerente geral de desenvolvimento técnico da VictorySoft. As tags que tiveram o melhor desempenho, diz Xu, foram as Xerafy Cargo Trak, que podem ser fixadas em ativos por meio de adesivos, rebites ou solda. A petroleira testou as tags em seu local, fornecendo aos inspetores e outros trabalhadores de campo leitores RFID portáteis ATID AT870 para interrogar as tags enquanto procuram por equipamentos específicos. A petroleira etiquetou alguns itens antes de determinar que a tecnologia funciona e então começou a aplicar as tags em mais de 30.000 transformadores utilizados na distribuição de energia elétrica.

Enquanto procurava por um item, um trabalhador caminha pelo campo de petróleo, com o leitor portátil. O computador de mão, em seguida, utiliza uma conexão Wi-Fi para transmitir cada ID ao software VictorySoft, hospedado no servidor back-end da empresa de petróleo.

O Xerafy Carga Trak é feito com um chip Alien Technology Higgs3, que suporta EPC de 96 bits e oferece 512 bits de memória do usuário.
"O software do sistema mantém registros de instalação, configurações de calibragem, data de serviço, histórico de manutenção e outras informações importantes", diz Xu. "O software torna mais fácil para os gestores do site saber o estado de localização e de funcionamento de transformadores".

Desde a sua instalação, em 2013, o sistema tornou possível aos inspetores realizar seu trabalho de forma mais rápida, sem a necessidade de pesquisar todos os transformadores, ou usar papel e caneta. "Os trabalhadores podem realizar seu trabalho de forma mais eficaz", afirma Xu, "e economizar tempo por não ter que escrever o histórico de manutenção".

De acordo com Xu, a companhia petrolífera planeja expandir o uso do sistema de RFID para centenas de categorias de ativos em seu campo de petróleo. No entanto, as informações específicas sobre quantas etiquetas serão utilizadas não está disponível.