RFID Noticias

Reino Unido rastreia cargas ferroviárias

Além de capturar a informação RFID e alertar o sistema, o software DcTrak também proporciona ao operador um diagnóstico e avisos relacionados à saúde dos sensores e leitores do sistema. A solução foi lançada em 2013 e prevê novas instalações da Coriel no Reino Unido e Europa.

Várias empresas do setor de transporte ferroviário também lançaram pilotos de sistemas de AVI da Coriel e estão usando RFID para vários casos de uso. Por exemplo, vários proprietários de infraestrutura ferroviária devem lançar em breve os testes da tecnologia, para determinar a adequação da RFID passiva para identificar vagões de trem em movimento em várias velocidades.

Tags Omni-ID foram montadas na parte inferior dos vagões
Tal como acontece com a implantação da Alstom, as etiquetas de RFID UHF passivas serão utilizadas ao lado de cada vagão. As etiquetas serão interrogadas em várias distâncias e velocidades. O número de identificação exclusivo codificado para cada tag será vinculado ao proprietário dos vagões e detalhes sobre cada carro específico serão combinados com os dados de sensores conectados ao software DcTrak da Coriel. A Coriel irá instalar leitores RFID na via, explica Leslie, e sensores vão captar as velocidades de cada vagão. Esta informação pode ajudar o proprietário ferroviário a evitar danos, diz, ao identificar quando um carro pode causar tensão excessiva sobre os trilhos.

No ano passado, Leslie relata , a empresa recebeu a certificação da GS1 UK para sua tecnologia UHF. "A certificação significa que os compradores que desejam implantar um sistema baseado em padrões GS1 terá o conforto de que esta tecnologia é compatível", afirma.

Além disso, a Coriel está lançando um aplicativo de codificação conhecido como Tag-Star, projetado para evitar erros, como a codificação de uma etiqueta com o número de identificação errado ou usando o mesmo número duas vezes. A empresa oferece a tecnologia RFID para uso em outros setores, como logística e manufatura. Um exemplo é um cabo e tambor conhecidos como SmartDrum, com o qual uma bateria pode ser gerenciada com leitores portáteis ou por meio de portais com leitores fixos.