RFID Noticias

CPqD certificará equipamentos para o Denatran

O processo de certificação é subdividido em duas partes. A primeira são os ensaios da portaria nº570/11, para os quais o papel do CPqD é estritamente de laboratório, apoiando pelos resultados das medições os OCDs na análise da conformidade e certificação dos produtos. A segunda inclui a emissão de laudos de interoperabilidade, no qual o CPqD tem papel de certificador. "Em ambos os casos, após a emissão dos certificados de conformidade é realizada a homologação dos equipamentos pelo Denatran", conclui.

O anúncio da escolha do CPqD foi feita em evento sobre inteligência automotiva: o Fórum Internacional de Inteligência Automotiva (FIIA), em Porto Alegre (RS), no início do mês. Na ocasião, gestores de diversos setores conheceram o processo de certificação de equipamentos por meio e uma palestra do diretor de laboratórios e infraestrutura de redes do CPqD, Paulo Curado, que abordou o Siniav e os serviços e soluções do CPqD disponíveis para prefeituras e fabricantes envolvidos no sistema.

Durante o evento, a instituição apresentou o seu portfólio de soluções em segurança da informação para prefeituras, que poderão acessar as informações do Siniav com segurança. A oferta inclui serviços profissionais de auditoria de infraestrutura e de sistemas, análise de gaps, diagnóstico de vulnerabilidades, desenvolvimento de software sob medida, consultoria e acompanhamento, governança e gestão de riscos, entre outros.

"A garantia da segurança das informações tratadas pelo sistema é fator determinante para o sucesso da operação", atesta Andreo. "Mais do que isto, a garantia de que aqueles que o acessam o fazem de uma forma correta e segura e de que não expõe o sistema aos riscos de fraudes e acessos indevidos é fator fundamental à operação de um sistema desta amplitude. Neste sentido, as prefeituras e demais órgãos do SNT (Sistema Nacional de Trânsito) que aderirem ao Siniav poderão garantir o acesso seguro às informações disponibilizadas pelo Denatran, assim como ter garantia de que o sistema não será um ponto frágil de acesso às suas próprias informações e sistemas".

De acordo com o executivo do CPqD, esta avaliação da segurança e da robustez da proteção das informações se dá através da realização de testes e aplicação de metodologias que estressam os sistemas por meio de ataques propositais e da aplicação de boas práticas de segurança e manuseio de informações.

"Além de ser uma ferramenta moderna de repressão ao roubo e furto de veículos em todo o território nacional", explica Andreo, "o Siniav tem potencial e características de uma grande solução de ITS (Intelligent Transportation Systems). Pelo Siniav, os integrantes do SNT e as empresas conveniadas a estes poderão desfrutar de uma excelente ferramenta de rastreabilidade que apoiará soluções de gestão de risco, mobilidade urbana, planejamento e engenharia de tráfego entre outras diversas aplicações".