RFID Noticias

T-Systems demonstra solução M2M desenvolvida no Brasil

A T-Systems está no Brasil desde 2012 e formou uma equipe dedicada a desenvolver soluções próprias e com parceiros, destinadas ao mercado brasileiro e que exploram o potencial de crescimento da tecnologia. "Montamos em nossas instalações uma área de demonstração da M2M, onde são apresentadas algumas das aplicações práticas que utilizam as nossas soluções", diz Ribeiro. Entre os desenvolvimentos locais da T-Systems para M2M estão a Plataforma iVES, para gestão de ativos fixos e de embalagens retornáveis, que já vem sendo testada e utilizada por algumas montadoras de automóveis locais, e as ferramentas para controle da produção, AeroScout Mobile View e o middleware de RFID.

A plataforma iVES (Visibility Enterprise Service) permite armazenar, recuperar e autenticar informações por meio de integração da cadeia de logística, empregando RFID. A solução realiza ainda o gerenciamento e monitoramento remoto de todos os leitores e dispositivos móveis, além da troca de informações online ou via EDI. A solução iVES funciona em cloud computing, em blocos de funcionalidades do setor automotivo e na modalidade RaaS (RFID Application as a Service).

Com o RaaS, segundo Ribeiro, é possível viabilizar projetos de identificação e serialização de itens, uma vez que a T-Systems fica responsável por toda a infraestrutura e suporte da aplicação, permitindo ao cliente concentrar todos os esforços na operação dos negócios da empresa. "Esta plataforma de integração tem a capacidade de disponibilizar informações individualmente para os fornecedores, montadoras e concessionárias, mantendo a visibilidade completa dos ciclos produtivos, abastecimento de linha, autenticidade, garantia, entre outras operações".

Com uma tag de RFID aplicada em cada objeto físico, de acordo com Ribeiro, as empresas conseguem monitorar de forma precisa e automática o movimento dentro e fora de suas instalações. Pode ser feita por meio de leitores RFID, internamente, ou de coletores com GPS, em áreas externas – no pátio ou durante o transporte, por exemplo.

Para o controle da produção, o iVES Production Flow Control (PFC) serve para o controle do fluxo da linha de produção de um fábrica de forma integrada em tempo real. "Ele é composto de três partes: web, linha de produção e WatchDog. Com a implementação destas três etapas é possível controlar o fluxo da linha desde a entrada do produto até a montagem e armazenamento de pallets", explica. O iVES PFC Web funciona no cadastros de diferentes produtos para controle integrado na linha, além de permitir a criação de ordens de produção e controle de turnos de produção.

"Na interface com a internet", diz Ribeiro, "também é feita a configuração de linha de produção, cadastro e configuração de equipamentos, postos de trabalho e paradas de linha, de modo que, uma vez feita a alteração na web, todo o sistema fica integrado com as mesmas configurações. Além disto, neste módulo são gerados relatórios de eficiência e controle de turnos, utilizando os dados fornecidos em tempo real pela linha".

O iVES PFC Linha de Produção, por sua vez, realiza a conexão e integração de diversos tipos de sensores para validação de itens a serem produzidos. "Com esta integração", afirma, "é possível validar o produto que está sendo produzido na linha com o que foi cadastrado na web, melhorando a precisão e a eficiência da linha de produção. Além disto, todos os dados da ordem de produção são salvos e comparados com o que foi criado na web, evitando divergências na programação".