RFID Noticias

Vale gerencia estoque de mais de 1.300 volumes de materiais

Na etapa final do piloto de RFID, foram exploradas situações em que o controle manual de materiais se mostrava ineficiente. "Também ampliamos o número de materiais cobertos pelo piloto, com expectativa inicial para aproximadamente 1.000 volumes".

Complexo da Vale, em Itabira (MG)
Já em dezembro passado, no entanto, Teixeira já comemorava os primeiros resultados, após enfrentar o desafio de utilizar tags RFID em materiais cuja composição principal é metal. "Usando técnicas apropriadas, os resultados das checagens e inventários foram efetivos. Portanto, todos os materiais monitorados pelo piloto foram rapidamente identificados", diz. "Em relação as expectativas, baseado nas medições realizadas e no espaço físico da área do piloto, uma única pessoa pode inventariar um estoque com 2.000 itens de materiais em até 50 minutos".

"Acreditamos que este trabalho pode resultar em uma eficiente ferramenta de controle de materiais para a manutenção, que ajudará as áreas da companhia a evitar compras desnecessárias de materiais", afirma Teixeira. "Isto nos dá a esperança e o entusiasmo necessário para dar continuidade a este trabalho".