RFID Noticias

Fabricantes de pneus pretendem rodar com RFID

A Kumho não é a única empresa de pneus a empregar tags RFID para rastrear seus produtos. No ano passado, por exemplo, a Michelin forneceu uma versão RFID de seus pneus Incity X para alguns dos ônibus de Londres, com o objetivo de tornar mais simples para os gestores de frota de ônibus monitorar a pressão dos pneus e, assim, melhorar a segurança e eficácia.

A empresa continua introduzindo etiquetas de RFID em alguns de seus pneus, de acordo com Dominique Aimon, chefe de comunicação técnica da Michelin. No início deste mês, uma semana após a Kumho emitir comunicado revelando o uso de tags, a Michelin anunciou que vai licenciar, gratuitamente, qualquer de suas patentes que se sobrepõem à adoção do que chama de "reconhecimento mundial de normas para pneus", que inclui AIAG B11, B21 JAIF, ISO-17367, TMC RP 247, GS1-EPC TDS 1.5.

A empresa está agora identificando quais dessas patentes podem vir a ser potenciais obstáculos para a adoção de um padrão único em todo o mundo e está abrindo as patentes, sem nenhum custo. A primeira, diz Aimon, é a U.S. patent 20080289736, "Tire Including An Electronic Member, and a Method of Fabricating Such a Tire". A patente 20080289736 diz respeito à posição de colocação da etiqueta sobre um pneu de borracha, a fim de otimizar a transmissão de dados sem a necessidade de modificações no fabrico do pneu. Além disso, acrescenta, a Michelin já indicou que está disposta a discutir a abertura de qualquer de suas patentes com os participantes na indústria de pneus ou RFID no caso de uma patente impedir a adoção de RFID.