RFID Noticias

O que os bancos não querem mostrar

Rastrear dinheiro

Mas o Santo Graal para o rastreamento de ativos com RFID no setor financeiro é o dinheiro, diz Scot Stelter Sr., diretor de marketing de produto da Impinj, fornecedor de tecnologia UHF. "Este é o maior problema de segurança existe", diz ele. Isso é especialmente verdadeiro com dinheiro em economias como a China, onde a Impinj trabalhou em um projeto de banco comercial cujas agências devem depositar periodicamente no banco estatal da China – o que significa transportar dinheiro fisicamente, de modo auditável.

Desde meados de 2011, várias agências de bancos comerciais têm usado RFID para rastreamento de dinheiro. O Bank of China instalou RFID em suas agências. Máquinas empacotam o dinheiro em montantes de 10.000 RMB (US$ 1.568). Estes são envolvidos em pilhas de 100.000 RMB e, em seguida, colocados em 40 caixas, estas colocadas em carrinhos, totalizando 160 milhões RMB. Um prestador de serviços chinês criou um aplicativo com chips Impinj Monza UHF para impedir que as caixas sejam abertas em local não programado. Se a caixa for aberta, o chip RFID é destruído e não poderá ser lido.


"Quando um carrinho passa pelo portal de chegada, que tem leitores Impinj, e as caixas que são lidas significa que não foram abertas e que o dinheiro está exatamente como quando foi colocado no ponto de saída", diz Stelter.

Um grande banco na Índia, um dos maiores bancos do mundo, está testando RFID com 20.000 etiquetas UHF, para rastrear pacotes de dinheiro em diferentes locais, de acordo com Anand Surana, CEO da prestadora indiana de serviços de TI Icegein, que forneceu o software. O banco quer saber quantos pacotes estão em seu cofre em tempo real, para melhorar os processos e a logística para as expedições do dia seguinte em dinheiro para mais de 40 agências no país.

"Imagine contar milhares de pacotes por um dia com um leitor de Código de Barras, como é complicado e tedioso em comparação com RFID", diz Surana. A tecnologia de segurança biométrica faz parte da implantação; pessoal autorizado a abrir o cofre deve apresentar cartões de acesso RFID e ter suas impressões digitais lidas para acesso.