Notas do Editor

Os varejistas reconhecem o problema, mas não a solução – Parte 2

Os autores do estudo pediram para os varejistas citarem variedade de tecnologias conhecidas para isto, incluindo se eles veem valor nessas tecnologias, se estão implantando ou avaliando. Um total de 86% viu grande valor na "otimização de estoques cross-channel", enquanto 83% disseram que veem valor na visibilidade do inventário em toda a empresa.

Estes parecem mais com conceitos do que com tecnologias. Você pode ser capaz de comprar um software que permite otimizar o inventário em todos os seus canais, fornecendo informações sobre o inventário de toda a empresa. Mas a questão é esta: como você pode obter bons dados com o software? Você não pode implantar um exército de pessoas para realizar a leitura de códigos de barras em itens individualmente, um de cada vez, no Centro de Distribuição, no fundo da loja, na frente da loja e no caixa.

A parte mais chocante do relatório é que, enquanto a RFID pode fornecer aos varejistas a visibilidade que eles precisam, apenas 3% estão lançando sistemas de nível de item com RFID. Cerca de um quarto dos entrevistados disseram que estão avaliando a tecnologia ou tem orçamento para um lançamento.

Embora seja decepcionante que tão poucos varejistas reconhecem o valor da visibilidade por item oferecida pela RFID, o que é encorajador é que eles reconhecem o valor de ter visibilidade. Felizmente, eles vão aprender com algumas implementações de RFID bem sucedidas que estão em curso.

Mark Roberti é o fundador e editor do RFID Journal.