Notas do Editor

A Zebra pode mudar suas listras?

A boa notícia para a Zebra é que as pessoas que lidavam com o rebranding RFID da Motorola vêm como parte do negócio e serão capazes de compartilhar seus insights sobre o que funcionou bem quando a Motorola rebatizou produtos RFID da Symbol como produtos Motorola.

Além de rebranding, a Zebra deve considerar as implicações do recente acordo da Checkpoint Systems com a Mojix. Tratam-se de duas tendências importantes na indústria de RFID.

Primeiro, as empresas estão fazendo parcerias para fornecer uma solução completa aos usuários finais. Os usuários finais geralmente não querem comprar leitores de uma empresa e software de outra e, em seguida, contratar mais uma empresa para colocar o sistema para rodar (tags são em grande parte confiáveis e estão prontamente disponíveis a partir de qualquer número de fontes). Uma solução completa reduz o risco de implantação.

Em segundo lugar, a solução possui um leitor de sobrecarga, uma tendência emergente na indústria de RFID. De acordo nossos leitores, os provedores e integradores de sistemas RFID acreditam que estes dispositivos irão desempenhar um papel importante em soluções RFID. A Motorola não oferece um leitor de teto, embora possa ter um na linha de produtos.

A Zebra está em uma boa posição para se tornar dominante no mercado de identificação automática. Acredito que tenha feito uma grande jogada ao comprar a divisão corporativa da Motorola. Se jogar bem as suas cartas, vai aproveitar a onda de RFID chegando e os acionistas serão generosamente recompensados.

Mark Roberti é o fundador e editor do RFID Journal.