RFID Estudos de Caso

Fábrica brasileira turbina produtividade

Cada portal tem um desktop dedicado e um servidor de RFID. O desktop roda o software de gestão, desenvolvido de modo customizado para o projeto da Label Evolution e contendo informações sobre itens rastreados pelos leitores. O equipamento provê informações para o sistema de gestão (ERP) da Technicolor, o principal sistema de processamento utilizado na área de materiais recebidos, e um sistema conhecido como Rastro, que a companhia emprega para armazenar dados da área de materiais recebidos e das áreas de inserção automática e manual.

Antes da implantação dos sistemas, havia pouca comunicação integrada e sincronização entre o ERP e o Rastro. A nova solução automatiza os processos de troca de informações entre os dois sistemas, melhorando a precisão das informações do inventário. Esta também oferece uma visão em tempo real do fluxo de materiais pela fábrica.


O portal RFID montado na área de inserção manual

No primeiro passo do processo de produção, uma quantidade determinada de semicondutores é requisitada para SMD e depois através dos portais. Os semicondutores são então colocados nas placas, por máquinas.

No segundo passo, as placas terminadas são etiquetadas por códigos de barras e se movem para a área “buffer”, onde são colocadas em um carrinho contendo um cartão equipado com uma etiqueta de RFID. O carrinho se move para o próximo destino – ou PTH ou a área manual – passando por meio de um portal de RFID, que atualiza o software.