RFID Estudos de Caso

Jockey Club certifica puro-sangue com tecnologia

Para o registro norte-americano, a identificação começou com tatuagens de lábios há meio século e informações de DNA desde 2001. Mas as tags RFID fornecem um registro inalterável, explica o Jockey Club, que serve como redundância. "Vemos o chip como um complemento ao sistema existente", afirma Bailey. "É uma maneira eficiente de identificar o cavalo nas vendas ou na pista". Leilões e faixas normalmente empregam identificadores de cavalos para se certificar que cada animal corresponde à sua identificação no registro. O chip RFID, acrescenta, facilitará esse processo.

Quando ocorre uma corrida ou leilão público, um especialista certificado em identificação pode usar um leitor portátil Datamars Compact Max Scanner para capturar o número de identificação exclusivo da tag incorporada no pescoço do cavalo. O Jockey Club recomenda o leitor da Datamars, mas outros leitores de LF podem interrogar as tags também. O usuário tem acesso ao banco de dados do The Jockey Club e pode assim comparar o ID da etiqueta RFID com as informações listadas no registro. Embora as tags estejam atualmente sendo usadas apenas para reforçar o registro em si, diz Bailey. O Jockey Club está considerando outras maneiras pelas quais as identificações com tags possam ser usadas.

Rick Bailey
Por exemplo, se o registro tornar os dados disponíveis para outros membros do público - como criadores, bem como aqueles que realizam uma venda privada - um indivíduo poderá simplesmente comprar um leitor com uma conexão Bluetooth para smartphone. O interessado conseguirá então interrogar cada etiqueta para confirmar as identidades dos próprios cavalos, que seriam exibidas no telefone.

O Jockey Club está testando a aplicação com um número limitado de cavalos no norte da Califórnia, relata Bailey. "Nós definitivamente estamos indo na direção de tornar os dados de identidade mais amplamente disponíveis para aqueles que usam leitores RFID", diz ele. Quem possui cavalos nascidos antes de 2015 pode comprar as tags do Jockey Club para criar números RFID para serem armazenados no registro.