RFID Noticias

Já é possível gerenciar leitores RFID com um iPhone

Novo software para leitores da Alien Technology, desenvolvido pela empresa turca Teknopalas, permite aos usuários gerenciar os dados de leitura por meio de iPhone ou iPad

Por Claire Swedberg

28 de setembro de 2012 - A empresa turca de tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) Teknopalas fez uma parceria com a Alien Technology para desenvolver uma aplicação que permite aos usuários gerenciar seus leitores de RFID e gerenciar dados da leitura por iPad ou iPhone, daApple. Com o iAlien, o aplicativo gratuito que nasceu desta parceria e poderá ser baixado no site do iTunes, qualquer pessoa equipada com um ALR 9900+ RFID reader, da Alien, e um iPhone ou iPad será capaz de ver o que está sendo interrogado pelo leitor e se o leitor e antenas estão em operação, além de poder alterar as configurações ou senhas e até escrever dados para as tags.

A Teknopalas idealizou o aplicativo com o intuito de permitir aos seus clientes, incluindo a casa e os escritórios do presidente da Turquia, Abdullah Gül, a gerenciar seus leitores de RFID, sem ter que carregar um laptop ou caminhar até um PC para ter acesso às atividades de leitura de RFID.

"Sabíamos que não é fácil para os clientes usarem laptops para verificar todas as aplicações de RFID", diz Fahrettin Oylum, diretor de serviços e engenharia da Teknopalas. "Também sabemos que o iPhone e o iPad são muito comuns e práticos, e que muitas pessoas os usam e transportam seus iPhones nos bolsos".

Os clientes da Teknopalas incluem os que rastreiam ativos ou indivíduos, ou fazem monitoramento de inventário. Um cliente que testou a tecnologia durante seu desenvolvimento foi a Gül, residência oficial do presidente, que começou a testar a solução protótipo no início de 2010. Oylum não fornece detalhes sobre a instalação, mas relata que os leitores da Alien estão sendo usados para rastrear os movimentos das pessoas dentro do local e que a app para iPhone estava sendo testada para gerenciar estes leitores.

A solução, lançada comercialmente no início do mês, permite que os usuários acessem os mesmos dados no iPhone ou iPad que estariam disponíveis em um PC, explica Neil Mitchell, diretor de marketing da Alien Technology. Desta forma, diz ele, podem-se alterar as configurações, ver dados RFID lidos e mandar e-mails com informação para outros.