RFID Noticias

Zebra usa tecnologia própria para aumentar eficiência de seus estoques

A companhia estima que o uso do sistema de localização em tempo real Dart RTLS permitiu uma economia de 451 horas-homem a cada mês

Por Claire Swedberg

24 de setembro de 2012 - A Zebra Technologies colocou em funcionamento a sua própria tecnologia para sistema de localização em tempo real (RTLS) em dois de seus armazéns de estocagem: um em Vernon Hills, Illinois, e outro em Heerenveen, na Holanda, sendo que a decisão de expandir a experiência para a Europa foi tomada com base no sucesso da implantação em Illinois. A solução economiza o tempo de trabalho do pessoal que, anteriormente, tinha de localizar o local apropriado para armazenar as cargas. O novo processo poupa cerca de três minutos por carga, segundo estima Gary Meekma, gerente sênior de operações de armazém da Zebra, e reduz o espaço necessário para estoque em 40%.

A Zebra Technologies emprega um sistema de gestão de armazém (WMS) da Oracle, juntamente com os seus próprios sensores (leitores) ultra-wideband (UWB) Dart RFID e tags. Ao reduzir o tempo gasto pelos trabalhadores para procurar o local adequado para guardar as mercadorias dentro do depósito, a empresa passou a economizar 451 horas-homem por mês. A Zebra também utilizou sua nova ferramenta de software, conhecida como System Builder, para projetar a implantação de RTLS no armazém, identificando a melhor colocação dos dispositivos Zebra Dart UWB, usados para rastreamento de ativos.

Funcionários do armazém da Zebra usam cones de plástico coloridos, com tags RFID embutidas, para identificar a localização de cada pedido

O sistema de rastreamento do armazém consiste no uso do software Oracle integrado ao aplicativo da Zebra Technologies para gerenciar pedidos, além de cones de plástico de diversas cores com tags embutidas para identificar a localização destes pedidos, e computadores de mão Symbol, da Motorola Solutions, com scanners de código de barras para mostrar a localização e os dados dos pedidos. Os computadores de mão também permitem a varredura do código de barras de um produto, quando movido para a área de preparo. Seis leitores Dart UWB instalados ao redor da área de testes identificam os locais dos cones marcados e encaminham os dados de localização para o sistema da Oracle, pelo software da Zebra.

O armazém da Zebra em Vernon Hills tem quatro áreas separadas, criadas após múltiplas expansões para acomodar o crescimento da empresa. Depois de reconfigurar suas impressoras e produtos relacionados de acordo com as necessidades dos clientes, estes são colocados no armazém, no mesmo edifício, antes de serem embalados para atenderem aos pedidos e, em seguida, serem enviados aos clientes, por caminhão. Até fevereiro de 2012, o pessoal utilizava pedidos em papel ordens e, manualmente, separavam os itens. Esses itens eram retirados por empilhadeiras para uma área de 10.000 metros quadrados, onde os pedidos eram processados. Este sistema se provou demorado para a empresa.

Em fevereiro, a Zebra Technologies instalou um WMS da Oracle em suas filiais da América do Norte, a fim de eliminar a necessidade de papel e ajudar a equipe a localizar os itens das encomendas. Cada trabalhador do armazém carrega um scanner portátil de código de barras da Symbol para localizar os itens de um pedido.