RFID Noticias

Solução de RFID pronta para usar atende setor automotivo do Brasil

A T-Systems desenvolveu um sistema para rastrear embalagens retornáveis na cadeia de suprimentos que envolve os fornecedores de peças e as montadoras de veículos

Por Edson Perin

17 de agosto de 2012 - Visando às empresas que possuem um fluxo circular dentro da sua rede de distribuição ou na cadeia de fornecimento e que estão optando pela utilização de embalagens retornáveis (RTI - Returnable Transport Items) para distribuir peças e componentes, como é o caso do setor automotivo, a T-Systems do Brasil desenvolveu uma solução de RFID (identificação por radiofrequência) pronta para usar que facilita o rastreamento e disponibilidade destes contêineres. Por meio deste sistema, baseado na identificação única de cada volume, as montadoras e autopeças passam a ter acesso, em tempo real, aos estoques disponíveis de peças e componentes, além de saber a localização exata de cada elemento.

De acordo com Carlos Ribeiro, diretor de Business Innovation e RFID da T-Systems, atualmente o rastreamento das RTIs tem sido feito majoritariamente por códigos de barras ou planilhas impressas, o que resulta em um grande volume de erros de dados ou informações imprecisas. “A falta de visibilidade em tempo real pode impedir que uma empresa identifique um produto em falta, o que pode provocar situações indesejadas como multas, perdas na produção e mesmo danos à marca”, afirma o executivo.

Tags RFID são afixadas aos produtos, caixas ou contêineres (RTI)

A solução da T-Systems para embalagens retornáveis para a cadeia produtiva das montadoras foi apresentada, ao vivo, no dia 14 de agosto de 2012, em um evento do Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores) e Abipeças (Associação Brasileira da Indústria de Autopeças), entidades que reúnem fabricantes de pequeno, médio e grande portes. Segundo Ribeiro, a solução apresentada em funcionamento incluía o ciclo que envolve o movimento das RTIs pelo fornecedor, transporte, montadoras, transporte e de volta para o fornecedor.