RFID Noticias

Infinity Seismic usa RFID para testar medidores de atividade sísmica

O dispositivo portátil CheckMate Land realiza automaticamente testes com os geofones utilizados pela indústria de petróleo e gás para identificar locais de perfuração

Por Claire Swedberg

27 de junho de 2012 - A empresa de pesquisa e desenvolvimento de eletrônica Vercét por meio de sua divisão Infinity Seismic lançaram uma solução com RFID para testar os geofones utilizados pelas empresas de petróleo e gás para identificar locais de perfuração apropriados. Com tags RFID de baixa freqüência (LF) ligadas a cada sequência de geofones para testes sísmicos, conectadas a um leitor de RFID da Infinity Seismic, as empresas de petróleo e gás podem controlar melhor os resultados de cada teste com equipamento e fazê-los em menos tempo.

Para realizar uma pesquisa de local, uma empresa tipicamente coloca cordas de até 15 geofones sobre a superfície do solo, onde pode então medir movimentos no solo e convertê-los em sinais electrônicos com frequências que variam de 1 Hz a 100 Hz. Ao analisar os desvios nas leituras, pode-se determinar onde um poço de petróleo ou gás pode ser perfurado com êxito.

A Infinity Seismic agora oferece um leitor RFID que se conecta ao testador de geofones CheckMate Land, acima
A Infinity Seismic fabrica equipamentos de teste de geofísica, incluindo a unidade CheckMate Land, que realiza testes para garantir que os geofones estão funcionando corretamente. Para garantir que todos os geofones em uma corda especial permanecem em boas condições de funcionamento, cada geofone é testado de forma independente e os resultados devem ser registrados. Este tipo de teste deve ser realizado uma vez por mês. Os operadores dos geofones executam testes com centenas de cordas diariamente.

Os testes são muitas vezes realizados em campos de base de petróleo e gás. Cada cadeia de geofones passa por um teste de duração de 10 a 20 segundos, a fim de assegurar que todos os geofones estão funcionando corretamente, antes de ser posto em serviço por uma companhia de perfuração ou por uma empresa de trabalhos sísmicos para uma perfuradora de petróleo.

Com um dispositivo de RFID CheckMate Land, o usuário deve digitar manualmente o número de série de cada string dentro da unidade de teste toda vez que essa sequência é testada. Quando uma grande quantidade de cordas com geofones deve ser testada, introduzem-se os números de série de cada corda a ser armazenados na unidade de testes, o que pode ser demorado e resultar em erros se os números forem digitados incorretamente. Com o sistema RFID, a inserção do identificador único de cada corda torna-se automático.