RFID Noticias

WCWR adota tags metálicas Holland 1916 DataCinch

A empresa está colocando tags RFID robustas nos equipamentos que produz, a fim de agilizar os serviços de manutenção e inspeção oferecidos aos clientes

Por Claire Swedberg

26 de junho de 2012 - A West Coast Wire Rope (WCWR) está empregando uma nova versão de metal da robusta tag RFID DataCinch, da Holland 1916, para controlar os registros de manutenção dos equipamentos adquiridos ou alugados pelos seus clientes dos setores de exploração madeireira, construção e naval. Os equipamentos da empresa estão em uso nos estados norte-americanos de Washington, Oregon, Califórnia e Alasca, em ambientes muito agressivos. Nos últimos cinco anos, os inspetores de manutenção da WCWR têm utilizado leitores portáteis RFID para identificar cada item dentro do campo e para registrar o trabalho realizado. Recentemente, começaram a usar as etiquetas de metal DataCinch, da Holland 1916, que consideram ainda mais duráveis e podem resistir a impactos físicos e água, o que poderia inutilizar uma etiqueta RFID comum.

A tag Metal DataCinch é “amarrada” com um cabo de metal. A etiqueta está inserida em um bloco sólido de metal resistente à corrosão, medindo aproximadamente uma polegada de comprimento e largura, e 0,37 polegadas de espessura, e contém um chip de alta frequência (HF) ou de frequência ultra alta (UHF), codificado com um número de identificação único.

Em cada tag metálica DataCinch há um chip RFID passivo

A WCWR vende peças de guindastes, como conjuntos de cabos e sistemas de trilhos e, depois, fornece serviços de inspeção e manutenção destes produtos aos seus clientes, seja no local ou em sua fábrica própria em Oakland, Califórnia. Normalmente, as inspeções seriam realizadas manualmente, usando papel e caneta. Hoje, no entanto, a empresa está utilizando etiquetas RFID da Holland 1916 e software Field ID, da N4 Systems, para criar e gerenciar registros digitais de inspeção e manutenção. O sistema oferece algo que os clientes e a própria Secretaria de Segurança Ocupacional e Saúde (OSHA) podem acessar, através da simples introdução de um número de série pela internet ou lendo a tag de um equipamento.

Os inspetores da WCWR podem utilizar um interrogador RFID portátil para capturar o número de identificação de cada item agendado para inspeção. Essa identificação é então enviada através de uma conexão Wi-Fi para um servidor hospedado pela N4 Systems. O inspetor pode, então, realizar qualquer ajuste ou manutenção necessários no item e depois enviar as informações do que foi feito para armazenamento no servidor da N4 Systems, baseado na internet (cloud computing).