RFID Noticias

Porto Alegre planeja usar RFID em sistema para gerenciamento de ativos públicos

A Procempa está automatizando a gestão dos serviços públicos de iluminação, distribuição de água e coleta de lixo, e pretende aprimorar com identificação por radiofrequência

Por Edson Perin

25 de maio de 2012 - A Prefeitura da Cidade de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul, resolveu colocar a “tecnologia a serviço do cidadão”. Aliás, este foi o slogan adotado pela empresa de processamento de dados do município, a Procempa, em seu estande no evento BITS, um evento da CeBIT para a América do Sul, promovido pela Hannover Fairs do Brasil e realizado na semana passada na capital gaúcha.

Eberli Riella, da Procempa
A Procempa implantou um novo sistema que permite a gestão eletrônica dos ativos da cidade com o intuito de melhorar os serviços públicos realizados pela Prefeitura e, assim, elevar o nível de qualidade de vida dos cidadãos. Além disso, a empresa planeja implantar uma solução complementar de RFID (identificação por radiofrequência) para aprimorar a eficiência e a velocidade de resposta às demandas dos cidadãos consumidores de serviços públicos, como explicou Eberli Riella, gerente de Tecnologia e Serviços da Procempa. Pode ser uma oportunidade para as empresas que desenvolvem este tipo de solução com RFID.

A solução de TI escolhida pela Procempa para gerenciar os ativos foi desenvolvida e implementada pela IBM e serve para antecipar as ações preventivas e agilizar as corretivas nas áreas de prestação de serviços públicos como iluminação de ruas e praças, distribuição de água, coleta de lixo e limpeza urbana. “Já identificamos a tecnologia RFID como a melhor para rastreamento e geolocalização”, completou Riella, adiantando os planos de futuros investimentos no projeto.

O sistema implantado na Prefeitura de Porto Alegre chama-se Max-Procempa e já está em operação no Departamento de Iluminação Pública, da Secretaria Municipal de Obras e Viação (SMOV), mas em breve deverá equipar as áreas de repavimentação (Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) e varrição e capina (Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Dmlu). As duas últimas áreas da Prefeitura de Porto Alegre estão em fase de homologação do software Maximo Asset Management, da IBM.