RFID Noticias

Lojas brasileiras Siberian e Crawford terão RFID até o final deste ano

A decisão do grupo VGB resulta da experiência bem sucedida em outra rede de lojas da companhia, a Memove, lançada em outubro de 2011, 100% baseada na tecnologia

Por Edson Perin

13 de abril de 2012 - Nos primeiros momentos da concepção da rede de lojas de roupas Memove pelo grupo Valdac Global Brands (VGB) (Leia mais em Nova rede de moda brasileira estreia com RFID), o projeto passou a ser totalmente planejado para operar com controle total da cadeia de suprimentos e automação de pontos de vendas (PDVs) com base na tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID).

Com isso, a partir do processo de fabricação dos itens de vestuário, passando pela estocagem e distribuição das mercadorias em todo o processo logístico, chegando à venda dos produtos ao consumidor final em lojas que oferecem uma experiência diferenciada aos clientes devido ao uso de tecnologias de ponta, todos os processos foram desenhados para tirar o máximo proveito da RFID.

Experiência diferenciada com RFID para cliente na loja Memove

Nos primeiros meses de operações, a companhia mediu uma queda de 50% no custo operacional, com ganho de produtividade. O processo de expedição da Memove, por exemplo, que com RFID permite a contagem de 3.000 a 4.000 itens quase que instantaneamente, demoraria horas para ser concluído – em alguns casos, até dias.

Os resultados positivos desta primeira experiência do VGB com a tecnologia de identificação por radiofrequência na rede de lojas Memove, lançada em outubro de 2011, conduziram o grupo a iniciar estudos para ampliar a sua utilização em outras duas redes de lojas controladas pela companhia: a Siberian e a Crawford. O planejamento será realizado ao longo de 2012 para que seja possível iniciar as primeiras implantações ainda no final do ano.

A experiência com a adoção de RFID em toda a cadeia de suprimentos incluindo as lojas high-tech da Memove está sendo considerada mais simples pela equipe de tecnologia do VGB, do que o que se espera enfrentar nos próximos projetos. Isto por que a rede de lojas Memove não existia e, quando foi concebida, teve todos os seus processos planejados a partir do ponto zero para serem movidos pela tecnologia RFID.