RFID Noticias

Empresa da Austrália adota RFID para gerenciar remessas de minérios

POAGS utiliza etiquetas ativas e leitores para identificar minério em caminhões e para orientá-los para os locais apropriados

Por Dave Friedlos

16 de fevereiro de 2012 - A POAGS, maior empresa de logística a granel da Austrália, adotou a identificação por radiofrequência para gerenciar centenas de veículos pesados diariamente em sua instalação remota chamada de Utah Point Bulk Facility, no porto Port Hedland, no oeste do país.

Utah Point atende à pujante indústria de mineração da região de Pilbara, fornecendo serviços de transporte para pequenas mineradoras em expansão. A unidade opera até 24 toneladas de carga para transporte todo ano – constituída em sua maioria por minério de ferro e manganês – e ainda gerencia cerca de 370 veículos pesados por dia. De acordo com a POAGS, os veículos pesados chegam a Utah Point a cada quatro minutos e meio, 24 horas por dia, sete dias por semana.

Em Utah Point, a POAGS identifica caminhões com RFID e orienta os motoristas para o local correto de manuseio das cargas de minérios

Com tantos veículos pesados circulando por Utah Point, de acordo com Ray Connell, gerente geral de Tecnologia da Informação (TI) da POAGS, tornou-se vital que a gestão deste tráfego se tornasse mais precisa, confiável e segura, que é onde a tecnologia RFID entrou em cena.

"O grande volume de tráfego pesado trouxe uma série de desafios", diz Connell. "Em primeiro lugar, temos de garantir o fluxo eficiente de veículos pesados aos estoques alocados, garantir a disponibilidade dos equipamentos para carregamento e, assim, evitar atrasos e filas. Em segundo lugar, garantir a localização exata dos produtos no estoque para evitar contaminação. E, em terceiro lugar, queríamos automatizar a operação com segurança e gerenciá-la com níveis aceitáveis de pessoal para atingir um alto nível de controle de todas as atividades".