RFID Noticias

Terminal de contêineres da Colômbia terá RFID para rastreamento

A Sociedad Portuaria de Cartagena planeja um sistema de localização em tempo real para fornecer visibilidade de ativos e melhorar a eficiência de suas operações

9 de fevereiro de 2012 - O provedor de soluções para gerenciamento de cargas Navis, unidade da Cargotec, anunciou que a / Sociedad Portuaria de Cartagena (SPRC), da Colômbia, vai implantar um sistema de localização em tempo real (RTLS) concebido para proporcionar à empresa de terminais marítimos South American total visibilidade em tempo real de seus ativos e, assim, aumentar sua eficiência operacional.

A Navis está reunindo, por meio do seu programa Navis Star Technology Alliance, suas soluções para operações de terminal (TOS) e tecnologias de outros fornecedores para oferecer sistemas integrados para o porto. A solução de automação de processos do terminal, prevista para ser lançada ainda neste ano, integra o sistema SPARCS TOS, da Navis, um sistema de gestão e controle de terminais de contêineres, com tags WhereNet da Zebra Technologies e infra-estrutura de localização.

O equipamento Zebra, parte da solução WhereNet de RTLS da empresa que suporta o padrão ISO/IEC 24730-2 e permite aplicações industriais ao ar livre, realiza a localização dos caminhões, plataformas de serviços públicos com tratores (UTR) e bens gerais em tempo real. O recurso também oferece informações para o SPARCS TOS. A SPRC, que segundo a Navis é o primeiro terminal sul-americano a implantar a tecnologia RTLS para acompanhar os caminhões, irá usar a solução para rastrear e identificar toda a carga em circulação.

A maior visibilidade de cada caminhão vai permitir à SPRC otimizar e priorizar corretamente as operações e o emprego de navios para o máximo de eficiência e redução de custos, de acordo com a Navis. A SPRC já usa o sistema PrimeRoute, da Navis, para automaticamente enviar tratores para o ponto de trabalho do estaleiro, otimizando assim a sua utilização e diminuindo o número de veículos necessários para mover a carga. Para aumentar a eficiência, a nova solução da Navis substitui a dependência da entrada manual de dados e, assim, elimina as entradas errôneas, com mais precisão do que a PrimeRoute.

A solução da Navis trabalha com hardware da Zebra para melhorar a produtividade por navio. Quando a infraestrutura RTLS entrar em funcionamento, segundo a Navis, a SPRC também poderá rastrear ativos adicionais, tais como pessoal, veículos e carrinhos de bagagem.
  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »