RFID Noticias

Sistema ViaTag Liga Carros a Dispositivos de Pagamento Sem Contato

A solução da MotionID inclui tags RFID EPC Gen 2 adesivos de pára-brisa que permitem que motoristas paguem pelos serviços em lotes de estacionamento, restaurantes e outros negócios drive-through.

Por Claire Swedberg

25 de agosto de 2011 - A empresa alemã iniciante MotionID Technologies desenvolveu um sistema que prevê poder mudar a maneira como as pessoas adquirem bens e serviços, utilizando as tags RFID anexadas ao pára-brisas de um carro para pagar estacionamento, bem como pagar por hambúrgueres em um drive-through, ou serviços de lavagem de carros, ou posto de gasolina. A mesma tecnologia também poderia ser usada por agências de aluguel de automóveis para gerenciar o estacionamento de veículos. Inicialmente, o sistema ViaTag da MotionID, desenvolvido com a ajuda do Instituto Fraunhofer de Fluxo de Material e Logística, onde a tecnologia foi testada, está em uso em estacionamentos no norte da Alemanha.

O sistema consiste de duas marcas ViaTag - ambas capazes de conduzir transações financeiras. Usuários podem se inscrever para o serviço visitando o site e receber uma tag passiva RFID UHF EPC 2 adesivo de pára-brisa ViaTag. Eles também podem receber um cartão de plástico ViaTag Pacc com uma tag passiva RFID de alta freqüência (HF) 13.56 MHz em conformidade com o padrão ISO 14443. Cada adesivo e cartão tem um número de identificação único que está ligado a dados fornecidos pelo usuário durante o processo de inscrição.


O adesivo contém uma tag RFID passiva de pára-brisa EPC Gen 2 ViaTag.
O adesivo de pára-brisa está ligado a um carro, enquanto o Pacc, do tamanho de um cartão de crédito, é projetado para uso por um consumidor, quando fora do carro. Por exemplo, se estiver dirigindo um carro diferente daquele equipado com uma tag de pára-brisa, um motorista pode usar o cartão Pacc para estacionar ou outros serviços que envolvam o veículo não identificado. Além disso, o motorista pode estacionar em estacionamento de um shopping, deixar o carro e visitar uma loja, onde ele apresenta o cartão Pacc para então tê-lo lido, a fim de vinculá-lo à validação de estacionamento e evitar a ser cobrado pelo estacionamento ao deixar o shopping.

A solução esteve em desenvolvimento e, em seguida, teste por vários anos, diz Christian Utz, CEO da MotionID. O conceito inicial era um sistema que tornaria mais fácil estacionar, sem a necessidade do motorista abrir a janela ou chegar a parar em um portão de segurança do estacionamento. Em vez de recuperar um bilhete de papel no momento da chegada e depois entregar o bilhete ao sair, juntamente com o fornecimento de um cartão de crédito ou dinheiro, o motorista simplesmente se aproxima do portão, onde um leitor fixo captura o ID e automaticamente levantar o portão para permitir que o carro prossega.