RFID Noticias

Maratona de Nova Iorque Oferece Aplicativos RFID Melhorados

Espectadores e corredores serão capazes de ver as localizações precisas dos participantes em todos os momentos, graças às aplicações que combinam dados de leitores RFID implantados ao longo da pista de corridas com informações da funcionalidade GPS dos corredores dos smartphones dos participantes.

29 de julho de 2011 - Por Claire Swedberg

Aproveitando a crescente prevalência de smartphones e outros aparelhos eletrônicos, bem como uma infra-estrutura existente da tecnologia RFID, os organizadores da Maratona de Nova Iorque vai oferecer novos serviços no evento deste ano, sendo realizada em 6 de novembro de 2011, que empregará as tecnologias de identificação de radiofrequência e Sistema de Posicionamento Global (GPS), a fim de trazer os espectadores mais próximos aos corredores que tenham vindo a assistir. Graças aos leitores RFID instalados ao longo do curso, tags nos participantes e a funcionalidade GPS nos smartphones dos corredores, os visitantes poderão ver exatamente onde cada corredor está localizado durante toda a corrida inteira, e visualizar dados sobre a corrida.

Para tornar isso possível, os organizadores da corrida, New York Road Runners (NYRR), estão se unindo com a MapMyFitness, localizada em Austin, Texas, que fornece o software servidor MapMyRun para combinar informações do sistema de RFID existentes fornecidas pelo Sistema ChronoTrack - em vigor desde 2009 - com dados fornecidos pelo GPS dos participantes e telefones dos espectadores. Ao combinar as duas tecnologias, a maratona pode fornecer um aplicativo desenvolvido pela MapMyFitness e vendido aos usuários do Apple iPhone e smartphones com Android. Este aplicativo permitirá que os corredores vejam seu próprio progresso durante a corrida, e também permitirá que amigos, familiares e outros, verifiquem não só a localização de um corredor em particular a qualquer momento durante a corrida, mas também onde esse participante está localizado em relação aos espectadores. Os participantes também podem exibir fotos e vídeos do curso nos pontos passados por esse participante.

A maratona tem usado a tecnologia RFID, nas suas duas últimas corridas, para acompanhar o momento específico que os corredores passam pontos específicos ao longo do curso (veja Solução UHF Rastreia 42 mil corredores na Maratona de Nova Iorque). Cada uma dos, aproximadamente, 46 mil corredores recebe um peitilho de avental ao chegar ao evento. O peitilho inclui uma tag ChronoTrack contendo um inlay RFID EPC Gen 2 passivo de ultra-frequência (UHF) que transmite um número de identificação único para cerca de 85 leitores RFID Impinj estacionados ao longo da pista de corridas, bem como nas entradas e saídas para a área de corrida. Impinj fabricou os chips e projetou as antenas das tags.

Em anos anteriores, a NYRR forneceu uma D-tag ChronoTrack, que poderia ser anexada aos cadarços de um corredor. Por uma série de razões, a organização optou este ano pela B-tag, projetada para ser embutido no número usado no peito de um corredor. Desta forma, diz Kenneth Winell, vice-presidente da organização, a tag fornece uma descrição mais precisa do momento em que cada corredor passa a linha de chegada. Além do mais, acrescenta, os corredores acham a B-tag mais fácil de anexar e cria um menor impacto ambiental, uma vez que é reciclável e é menor do que a D-tag.

De acordo com Robin Thurston, CEO e fundador da MapMyFitness, cada vez que um corredor passa por um dos pontos de leitura criados ao longo do curso, o número ID do indivíduo é lido e, em seguida, encaminhado para o servidor baseado em nuvem da MapMyFitness. Este servidor, em seguida, fornece informações sobre a localização e o tempo desse corredor em seu site MapMyRun.

Em 2010, a NYRR embutiu funcionalidade adicional ao sistema, a fim de melhorar a experiência para os corredores, bem como para os seus amigos e familiares. Por exemplo, a tecnologia também foi utilizada no ano passado para fornecer mensagens personalizadas em uma tela de LED (ver ASICS Usa RFID para Inspirar os Corredores de Maratona). Essa solução, conhecida como Apoie seu Maratonista, foi fornecida pela ASICS, fabricante de tênis e roupas. Este ano, a ASICS proverá a mesma solução.

Para a próxima corrida em 06 de novembro, cada corredor pode optar por comprar um aplicativo para seu smartphone, permitindo que o participante fique mais em contato com os espectadores enquanto a corrida acontece. Se um corredor não carrega um smartphone durante o evento, o sistema irá utilizar atualizações das leituras RFID tomadas a cada vez que o indivíduo passa sobre uma antena de leitor, para fornecer informações e imagens aos smartphoes de fãs. Para os participantes que carregam um smartphone, o sistema tira proveito da funcionalidade GPS desse telefone para mostrar a localização exata do corredor no percurso em todos os momentos, assim como sua localização em relação ao espectador.