RFID Noticias

Petrobras Opta pela Tecnologia RFID para Rastrear Tubos de Perfuração

A empresa Weatherford está etiquetando os tubos de 12,7 cm de largura que ela envia para plataformas de petróleo operadas pela Petrobras com o objetivo de verificar mais facilmente o fornecimento, inspeção e manutenção dos tubos.

14 de outubro de 2010 - Por Claire Swedberg

A Weatherford International Ltd., uma provedora global de produtos e serviços para a perfuração de poços de petróleo e gás natural, está utilizando um sistema com tecnologia de identificação por rádio frequência para rastrear seus tubos de perfuração enviados para as plataformas de petróleo operadas pela multinacional Petrobras, com sede no Brasil. O sistema é fornecido pela Trac ID Systems, uma empresa norueguesa provedora de soluções industriais com a tecnologia RFID. A Weatherford rastreia milhares de peças de equipamentos alugados para empresas ao redor do mundo e também oferece serviços de inspeção e manutenção para esses ativos à medida que eles são usados nas instalações de seus clientes. Para rastrear seus equipamentos, a Weatherford utiliza sistemas integrados de gestão empresarial (ERP) para gerenciar os dados de todos os equipamentos em suas filiais assim como os próprios números de série gravados nos tubos.

No entanto, quando a Weatherford assinou um contrato com a Petrobras para um projeto de perfuração em alto-mar (programado para começar no final de 2010), a Petrobras, como parte de seu contrato, exigiu um sistema baseado na tecnologia RFID para rastrear cada item utilizado nas suas instalações em alto-mar. Ao utilizar a tecnologia RFID para rastrear seus próprios produtos, a Weatherford pode garantir de forma mais eficaz que os equipamentos apropriados se encontram nas plataformas e que eles podem ser facilmente localizados para fins de manutenção. O sistema RFID que a Weatherford está utilizando possui um método automatizado para fazer o rastreamento quando cada peça de equipamento passa pelos processos de manutenção e inspeção, além da quantidade de desgaste resultante do uso constante.

A Weatherford não é uma novata no campo da tecnologia RFID. Recentemente, a empresa começou a desenvolver uma etiqueta RFID passiva para a empresa Marathon Oil Corp. como parte do que é chamado de sistema RipTide para orientar alargadores de perfuração controlados eletronicamente a permanecerem ativados ou desativados (a Weatherford se recusa a dizer a frequência RF da etiqueta ou os padrões RFID aos quais a empresa se adequou para esse projeto). Uma vez ativado, o alargador estende seus cortadores para alargar a perfuração de um buraco. Quando essa função é exigida, uma etiqueta RFID é colocada no buraco. A etiqueta passa pelo interior do local de perfuração onde uma antena leitora é instalada para capturar o número de identificação codificado na etiqueta. Baseado no número de identificação específico dessa etiqueta, o módulo faz com que o alargador estenda ou retraia seus cortadores. O sistema RipTide já foi testado extensivamente com a Marathon Oil incluindo um local para a perfuração de poços de petróleo no estado da Dakota do Norte, nos Estados Unidos.

No entanto, até agora, de acordo com Thomas Redlinger, especialista técnico global da Weatherford, a empresa ainda não havia empregado a tecnologia RFID para rastrear itens de inventário ou localizar históricos de inspeção.

"A Petrobras percebeu a importância de poder fazer uma rápida identificação de ativos e exigiu que todos os tubos de perfuração de 12,7 cm de largura fornecidos pela Weatherford fossem etiquetados", explicou Redlinger. Ao etiquetar os tubos de perfuração com as etiquetas RFID e lê-los à medida que eles são enviados para uma plataforma de petróleo, a empresa pode emitir relatórios a respeito do local dos equipamentos e posteriormente enviá-los para a Petrobras. Além disso, os inspetores e a equipe de manutenção da Weatherford podem usar o sistema para identificar rapidamente quando qualquer tubo específico foi inspecionado ou passou pelo processo de manutenção pela última vez e, com isso, atualizar o registro na base de dados acessada através de leitores RFID portáteis.

Para fazer isso, a Weatherford começou anexando à cada tubo uma etiqueta RFID de 134,5 kHz de frequência compatível com o padrão ISO 18000-2, fornecida pela Trac ID. "Com 24 milímetros (1 polegada) de diâmetro, a etiqueta Trac ID para os tubos de perfuração foi projetada para ser resistente o suficiente para suportar a pressão e o calor presentes em um poço de petróleo", disse Manfred Vonlanthen, Diretor de Vendas e Marketing da Trac. As etiquetas podem ser lidas através de um leitor RFID embutido em um computador de mão Trimble (TDS) Nomad da SDG Systems. Um número de identificação codificado em cada etiqueta é vinculado aos dados sobre o tubo, tais como o tamanho do tubo e o histórico de manutenção.