RFID Noticias

Companhia libera solução IoT para desenvolvedores

O sistema da Particle inclui software, sensores, transmissores e gateways sem fio de baixo custo, para monitorar as condições de diversos ambientes

Por Claire Swedberg

29 de novembro de 2018 - A empresa de tecnologia de Internet das Coisas (IoT) Particle lançou o que chama de Particle Mesh, uma rede com sensores sem fio para criar uma rede de malha (mesh) de dispositivos conectados destinados à coleta de dados. As informações garimpadas pode então ser encaminhadas para um servidor por uma conexão Wi-Fi, de celular ou Ethernet. Alguns desenvolvedores já estão construindo suas soluções, segundo a empresa.

Durante vários anos, a Particle forneceu uma solução de IoT conhecida como Device Cloud, que serve como uma rede de dados para coletar, analisar e compartilhar informações sobre os dispositivos de uma empresa e seu status. A solução é oferecida por uma taxa mensal, além de um custo de hardware único. A Particle reportou que já enviou mais de 500.000 desses dispositivos para aproximadamente 160.000 engenheiros, e que trabalhou com empresas da Fortune 500 para fornecer gerenciamento de sensores sem fio.

Esq. para dir.: Argon, Xenon, Boron
A empresa deu mais um passo, oferecendo uma rede mesh de sensores de baixo custo para fornecer dados de um local físico sobre as condições dos ativos ou outros itens dentro de um espaço. O Particle Mesh pode acelerar o mercado de IoT, diz Will Hart, gerente geral da empresa, fornecendo contexto para os dados da IoT que estão sendo coletados. "Um criador de produto pode anexar sensores ou atuadores aos produtos Mesh e programá-los para se comportarem de uma maneira particular", explica. "Adicionar mais produtos com funções diferentes à mesma rede de malha pode ajudar o sistema a tomar melhores decisões do que qualquer produto individual poderia fazer sozinho."

A empresa já oferece três dispositivos que conectam sensores a um servidor. Essas unidades capturam dados do sensor, transmitem diretamente para o Device Cloud e, assim, fornecem informações sobre fatores como a temperatura dentro de um cooler ou gerador, a fim de entender como esses dispositivos estão operando. Com o Particle Mesh, no entanto, muito mais dados poderiam ser coletados em um único local, relata a empresa, usando transmissores de baixo custo com sensores que se comunicam com os dispositivos de gateway Particle.

Os três dispositivos que o Particle oferece são chamados de argônio, boro e xenônio. O argônio funciona como um gateway e usa o Wi-Fi para conectar dados ao servidor. Emprega o IC nRF52840 da Nordic Semiconductor. O Boro usa uma transmissão celular LTE para encaminhar dados do sensor para um servidor. E o Xenon, o modelo menos caro, pode servir como um repetidor ou um gateway usando Thread, um protocolo de 2,4 GHz compatível com o padrão ISO 802.15.4.