RFID Noticias

Novo protocolo transforma roteadores em gateways IoT

Protocolo de banda larga garante a provedores de serviços de internet a capacidade de fornecer soluções de Internet das Coisas (IoT)

Por Claire Swedberg

26 de novembro de 2018 - A empresa de redes gerenciadas Greenwave Systems passou a fornecer uma solução que leva a Internet das Coisas (IoT) para residências usando um novo protocolo de serviço de aplicativo do Fórum de Banda Larga. A User Services Platform (USP) serve como um protocolo padronizado para permitir que as empresas gerenciem, monitorem, atualizem e controlem dispositivos conectados, serviços e redes domésticas. A plataforma de software AXON da Greenwave usa a USP e tem como objetivo permitir que provedores de serviços de internet (ISPs) ofereçam aplicativos de inteligência doméstica para seus clientes (proprietários de residências e empresas).

Aplicativos construídos em conformidade com o padrão USP podem variar de iluminação e segurança residencial a gerenciamento de sensores, usando um roteador de ISP como porta de entrada para essas soluções. A Greenwave afirma que é a primeira empresa de tecnologia a fornecer uma solução baseada em USP. A empresa também ajudou a desenvolver o padrão com o Broadband Forum, baseado em suas próprias soluções, diz Tim Spets, senior IoT Systems da Greenwave Systems e arquiteto de padrões. O objetivo, explica, é estender a comunicação para além do roteador, usando uma rede de sensores ou dispositivos que podem se comunicar sem fio dentro de uma edificação.

Imagem: cortesia da Greenwave Systems
O Broadband Forum é um consórcio dedicado ao desenvolvimento de especificações de rede de banda larga. Seus membros incluem provedores de serviços, empresas de telecomunicações e fabricantes de dispositivos e equipamentos. A Greenwave Systems é um fornecedor de software de serviços gerenciados. As empresas podem usar sua plataforma de software AXON para fornecer acesso IoT aos usuários finais.

O protocolo USP vem há mais de uma década, após o lançamento de um padrão aberto conhecido como TR-069, que permite que os provedores de serviços se comuniquem com os roteadores da internet que fornecem aos clientes para acesso à rede. O TR-069 permite que eles enviem atualizações de software para roteadores e executem a solução de problemas remotamente, mas é aí que o acesso ao roteador termina.

A Greenwave construiu sua solução proprietária da AXON em 2015, para que os provedores de serviços possam oferecer o aplicativo de software aos clientes. A solução permitiria que os usuários conectassem o roteador a sensores ou outros dispositivos baseados em Wi-Fi através de seu smartphone ou tablet, a fim de realizar funções como controlar luzes usando o aplicativo AXON. "Temos a arquitetura construída que pode realizar isso", diz Spets. No entanto, ele observa, como um protocolo aberto, TR-069 não fornece esse nível de acesso a aplicativos para múltiplos pontos finais, como sensores, smartphones ou outros dispositivos, através de um roteador.

Isso torna as instalações domésticas limitadas a soluções personalizadas fornecidas por diversos fornecedores. Com um protocolo aberto como a USP, diz Spets, os ISPs poderiam começar a oferecer soluções inteligentes para residências por meio de aplicativos que permitem a comunicação bidirecional entre dispositivos e o roteador. "Trouxemos muito do que a AXON oferece" aos esforços do Broadband Forum, que estabeleceu as bases para o desenvolvimento do padrão USP.