RFID Noticias

Número de empresas inteligentes dobra em 2018

As empresas estão capturando sua vantagem competitiva com iniciativas em tempo real. Assim, 52% das organizações em todo o mundo e 50% na América Latina dizem compartilhar as informações obtidas de suas soluções de IoT com seus funcionários em tempo real ou quase em tempo real. Isso representa um aumento próximo de 37% em relação à pesquisa de 2017, o que demonstra a crescente necessidade de fluxos de trabalho colaborativos móveis.

Além disso, quase três quartos (72%) das empresas latino-americanas pesquisadas, estabeleceram um plano para organizar e analisar dados. Fatores como a análise de informações em tempo real e a segurança foram relatados como os elementos mais importantes para o plano de gerenciamento de dados de uma empresa, com 71% e 75%, respectivamente.

Vanderlei Ferreira, da Zebra Brasil
"Como a tecnologia continua a transformar os negócios, a orientação oferecida pela disponibilidade de dados em tempo real, no âmbito das operações, capacita melhor os trabalhadores da primeira linha, com as informações corretas, de forma a otimizar ações e resultados", diz Vanderlei Ferreira, diretor de vendas da Zebra Brasil. "Com base em nosso segundo índice de inteligência, fica claro que as empresas já reconhecem o valor de aproveitar estratégias que se alavancam no IoT e continuarão motivando seu investimento e adoção no futuro".

Segurança é a prioridade mais importante para as empresas, que estão adotando uma abordagem muito mais proativa e abrangente quando se trata de padrões de segurança em suas soluções de IoT. O estudo revelou um aumento de 18% no número de empresas que constantemente monitoram a segurança de sua IoT para garantir privacidade e integridade em seus negócios. Para a América Latina, esse número aumentou em 16%.

As empresas estão demonstrando maior confiança nos ecossistemas de soluções: 40% das empresas no mundo relataram usar um parceiro estratégico para gerenciar todo o seu ecossistema de IoT, crescendo 7% em relação ao ano passado. Na América Latina, esse número também aumentou para 31% das empresas que possuem um provedor que as apoia na gestão. Essa dependência dos especialistas em gerenciamento de processos da IoT, como a plataforma Savanna da Zebra, é um indicador importante do compromisso de uma empresa em acelerar sua inteligência de dados e adotar um sistema IoT.

Onze métricas foram usadas para entender onde as empresas estão no caminho de se tornarem "inteligentes": visão de IoT, compromisso do negócio, relacionamento com parceiros especialistas em soluções tecnológicas, plano de adoção, plano de gerenciamento de mudanças, aplicação, padrões de segurança, plano de ciclo de vida, arquitetura e infraestrutura, plano inteligente e análise de dados.

Os critérios foram definidos por executivos, especialistas do setor e formuladores de políticas nos diferentes setores de negócios no Simpósio de Inovação Estratégica 2016: A Empresa Inteligente, organizado pela Zebra em colaboração com o Centro de Tecnologia e Empreendedorismo de Harvard (TECH).