RFID Noticias

Número de empresas inteligentes dobra em 2018

Pesquisa anual da Zebra, feita em 9 países incluindo Brasil, revela crescimento de investimentos em IoT e maior intercâmbio de dados em tempo real

Por Edson Perin

5 de novembro de 2018 - A Zebra Technologies, uma das maiores empresas mundiais de tecnologia para Internet das Coisas (ou IoT, do inglês Internet of Things), divulgou os resultados da segunda edição de seu estudo anual "Índice de Inteligência Empresarial". A pesquisa global mede o quanto as empresas estão se tornando inteligentes. Ou seja, como conectam o mundo físico ao digital para impulsionar a inovação por meio de decisões em tempo real, ambientes baseados em dados e fluxos móveis de trabalho colaborativo.

Neste ano, o número de empresas que se enquadram na categoria "inteligente", com mais de 75 pontos no índice geral, dobrou em relação a 2017. O estudo mensura até que ponto as empresas atendem critérios que definem uma empresa inteligente. Em geral, o índice apresenta um aumento anual no investimento e na implantação da IoT. Hoje as empresas esperam menor resistência à adoção da tecnologia e um aumento em reconhecer os benefícios das soluções de IoT como um componente central para impulsionar o crescimento futuro de suas organizações.

Tabela mostra variação do índice de inteligência empresarial
A pesquisa foi realizada online do dia 6 de agosto a 14 de setembro de 2018, em uma ampla variedade de segmentos, incluindo saúde, manufatura, varejo, transporte e logística. No total, 918 tomadores de decisão de Tecnologia da Informação (TI) foram entrevistados em nove países: Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Alemanha, México, Brasil, China, Índia e Japão.

A empresa inteligente foi definida pelas soluções tecnológicas utilizadas, como computação em nuvem, mobilidade e IoT para detectar automaticamente as informações sobre os seus ativos. Os dados operacionais desses ativos, incluindo status, localização, uso ou preferências, são analisados para fornecer informações úteis, que podem ser enviadas à pessoa certa no momento certo, para que possam agir, tornando-se um guia para tomar melhores decisões, em qualquer lugar e a qualquer hora.

O investimento em IoT aumenta e a resistência à adoção diminui. O índice revela que, para as empresas pesquisadas, o investimento médio anual em IoT aumentou 4% em todo o mundo e 86% deles esperam que esse número cresça em um ou dois anos, prevendo um aumento de aproximadamente 11% a 20%.

À medida que os trabalhadores se tornam mais receptivos às novas tecnologias, o número de empresas que sentem alguma resistência em relação ao progresso de seus planos de IoT caiu de 75% para 64% em relação a 2017. No caso da América Latina, 91% das empresas participantes do estudo têm expectativa de crescimento do investimento em IoT no mesmo nível e 76% esperam uma diminuição na resistência.